A espaçonave Juno da NASA revela uma imagem deslumbrante da Grande Mancha Vermelha de Júpiter

Transportando-nos para os confins do nosso sistema solar, a sonda Juno da NASA presenteou recentemente os entusiastas do espaço com uma fotografia cativante da icónica Grande Mancha Vermelha de Júpiter. Esta imensa tempestade, uma maravilha celestial com o dobro do tamanho da Terra, agraciou o gigante gasoso durante mais de três séculos e meio.

Levando para o Instagram, NASA compartilhado o fascinante retrato em cores reais da Grande Mancha Vermelha, capturado por Juno a uma distância notável de cerca de 8.648 milhas (13.917 km). Destacando a natureza evolutiva desta tempestade colossal, a NASA informou aos seguidores que ela está passando por mudanças, com sua altura diminuindo em um oitavo e sua largura em pelo menos um terço.

Leia também: 5 coisas sobre IA que você pode ter perdido hoje: xAI de Elon Musk para Grok de código aberto, problemas de IA atingem a fabricação, mais

“As recentes descobertas de Juno sugerem que a Grande Mancha Vermelha, uma tempestade enraizada na atmosfera de Júpiter há mais de 350 anos, está a sofrer uma redução gradual no tamanho. Desde que a sonda Voyager a mediu em 1979, a altura da tempestade diminuiu em um oitavo, e a sua a largura diminuiu em pelo menos um terço”, afirmou a NASA em seu post no Instagram.

Enfatizando a escala deste fenômeno celestial, a NASA compartilhou: “Apesar dessas mudanças, a Grande Mancha Vermelha continua sendo uma entidade colossal, com o dobro do tamanho da Terra. Estudos recentes de Juno revelam que a tempestade mergulha aproximadamente 200 milhas (300 km) abaixo A cobertura de nuvens de Júpiter. Sem solo sólido no gigante gasoso para atenuar as tempestades, os ventos dentro da Grande Mancha Vermelha atingem velocidades impressionantes de cerca de 400 mph (643 km/h).?”

Leia também: O Telescópio Espacial James Webb da NASA captura NGC 604 e desvenda alguns mistérios da formação estelar

O impressionante retrato de Juno

A imagem compartilhada mostra a Grande Mancha Vermelha no centro, cercada por mechas rodopiantes em tons de vermelho, castanho e laranja. A parte superior da imagem captura o horizonte de Júpiter, pintado numa impressionante paleta de bege, marrom e azul.

Compartilhada no Instagram há apenas algumas horas, a imagem já acumulou mais de dois lakh curtidas, com os números continuando a subir. Seguidores entusiasmados inundaram a seção de comentários para expressar sua admiração e admiração pelo espetáculo cósmico.

Um usuário ficou maravilhado: “A Grande Mancha Vermelha de Júpiter é uma tempestade centenária maior que a Terra!” Outro comentou: “É uma loucura como a tecnologia é tão avançada, permitindo-nos explorar os planetas mais legais além da Terra”.

Em meio aos comentários, um quarto observador simplesmente expressou “Linda”, enquanto um quinto não resistiu em rotular a imagem como “Irresistível”. O fascínio pelo espetáculo cósmico continua a cativar públicos em todo o mundo.

Patrocinado por Google

Deixe uma resposta

Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS

Descubra mais sobre Área Militar

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading