HomeOriente-médioArábia Saudita destruiu um drone naval carregado de bombas no Mar Vermelho

Arábia Saudita destruiu um drone naval carregado de bombas no Mar Vermelho

Um navio remotamente pilotado cheio de explosivos teve como alvo o porto saudita de Yanbu, no Mar Vermelho

De acordo com o site britânico Independent, a Arábia Saudita localizou e destruiu um navio não tripulado carregado de bomba no início desta manhã, evitando um possível ataque a navios que saiam e entravam em um importante porto do Mar Vermelho.

Rota no Mar Vermelho em verde.

O Mar Vermelho tornou-se um dos principais pontos de rotas de petróleo e comércio entre a Europa e o Oriente-médio, especialmente depois que o Reino da Arábia Saudita decidiu exportar seu petróleo por meio destas águas por razões de segurança e proteção.

Serve como um importante canal de comércio para seus estados costeiros, especialmente Sudão, Etiópia, Jordânia e Israel.

Local de interceptação no Mar Vermelho

O Brigadeiro General Turki al-Maliki do Ministério da Defesa disse em um comunicado divulgado pela Agência de Imprensa oficial Saudita, que as unidades navais foram capazes de detectar e monitorar um drone de ataque marítimo perto do Porto King Fahd, na costa da cidade de Yanbu.

O navio remotamente pilotado cheio de explosivos teve como alvo o porto saudita de Yanbu, no Mar Vermelho.

“O explosivo [drone] foi engajado de acordo com as regras de engajamento”, disse o comunicado. Os detalhes continuam escassos, mas o incidente ocorre após uma série de ataques a navios na região do Oriente Médio em meio a uma guerra sombria entre Irã e Israel e no contexto das negociações em curso entre Teerã e potências mundiais sobre o esfarrapado acordo nuclear do Irã.

Os arquirrivais Irã e Israel se acusaram mutuamente de estarem por trás de uma série de ataques a navios associados ao comércio e comércio de seu país.

O relatório veio depois de avistamentos de fumaça preta de navios no porto e temores de que outro navio mercante ou petroleiro foi sujeito a um ataque nas águas turbulentas do Oriente-Médio e Mediterrâneo oriental.

A Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos também acusaram o Irã de estar por trás de uma série de ataques nos últimos dois anos contra suas operações marítimas e portos.

Ataques a refinarias de petróleo sauditas por drones aéreos de origem iranianos.

Rebeldes Houthi aliados iranianos que lutam contra forças pró-sauditas na feroz e desastrosa guerra de seis anos no Iêmen também assumiram a responsabilidade por uma série de ataques à infraestrutura de energia no reino.

Com informações Homeland Security Digital Library, Independent, AP, TRT World via Redação Área Militar


RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS



ENTRE EM NOSSO CANAL NO TELEGRAM



Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas da área militar destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade. Siga nosso Twitter https://twitter.com/areamilitarof
ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

AGORA!