HomeOriente-médioCaças e helicópteros russos efetuaram 50 ataques aéreos contra instalações do ISIS...

Caças e helicópteros russos efetuaram 50 ataques aéreos contra instalações do ISIS no centro da Síria

A Aviação de Ataque Russa na Síria, operando caças e helicópteros de ataque das Forças Aeroespaciais Russas (VKS) realizaram mais de 50 ataques aéreos contra células do ISIS na região central da Síria nesse dia 17 de novembro. Ainda não foram divulgadas imagens oficiais dos ataques e dos resultados obtidos, porém fontes extra-oficiais afirmam que os ataques foram um completo sucesso.

De acordo com observadores internacionais e fontes do Exército Arabe Sírio, os ataques aéreos visaram esconderijos do grupo terrorista em:

– O deserto ocidental de Deir Ezzor;
– O monte al-Bishri e o monte Ghanim al-Ali na fronteira administrativa entre Deir Ezzor e Raqqa;
– A periferia da cidade de Ithriyah, na zona rural oriental de Hama.

De acordo com o Centro de Reconciliação Russo na Síria, o HTS e seus aliados violaram o cessar-fogo na Grande Idlib, que foi intermediado pela Rússia e pela Turquia no ano passado, pelo menos 12 vezes entre 15 e 16 de novembro.

Os ataques aéreos russos contra Ablin foram provavelmente uma resposta às recentes violações do cessar-fogo, todas ocorridas sob os olhos das tropas turcas na Grande Idlib.

Nos últimos meses, a Turquia reforçou suas tropas na região como nunca antes. A medida não foi feita para implementar o acordo de cessar-fogo, mas para interromper qualquer possível operação terrestre do Exército Árabe Sírio e seus aliados.

Agora, o cessar-fogo na Grande Idlib mal está se sustentando. Um confronto militar pode estourar em breve na região se o cessar-fogo não for reforçado.

Abaixo alguns vídeos publicados em redes sociais exibindo atividades de ataques em Idlib no mesmo dia:

O Exército Árabe Sírio (SAA) está atualmente se preparando para lançar uma nova operação de busca e destruição em grande escala contra as células do ISIS no centro da Síria, principalmente nos desertos do norte e oeste de Deir Ezzor.

Para isso, o exército e outras formações das milícias populares pró-governo implantaram grandes reforços na região nos últimos dias.

O ISIS intensificou seus ataques nos desertos do norte e do oeste de Deir Ezzor. Em 13 de novembro, pelo menos sete combatentes de uma formação tribal pró-governo conhecida como “Usud al-Sharqiyah” foram mortos em uma emboscada armada pelas células do grupo terrorista perto da cidade de al-Masrab, no norte da província.

Agora, o SAA e as Forças Aeroespaciais Russas ( VKS) estão aparentemente tomando medidas para lidar com a crescente ameaça do ISIS nos desertos oeste e norte de Deir Ezzor.

A agência de notícias do ISIS, Amaq, compartilhou fotos da emboscada em 17 de novembro. O SOHR afirma que até 13 milicianos pró-governo foram mortos na emboscada.

  • Com informações SANA Syria, Observatório Sírio para os Direitos Humanos (SOHR) e France Inter, via redação Orbis Defense Europe/Genebra.


RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS



ENTRE EM NOSSO CANAL NO TELEGRAM



Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas da área militar destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade. Siga nosso Twitter https://twitter.com/areamilitarof
ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

AGORA!