HomeGuerra Fria 2.0Chanceler russo declara: Paciência da Rússia ante as ações do Ocidente chegou...

Chanceler russo declara: Paciência da Rússia ante as ações do Ocidente chegou ao fim

O ministro das Relações Exteriores da Rússia declarou nesta sexta-feira, dia14, que; “a paciência de Moscou ante as ações do Ocidente chegou ao fim”.

“Nossa paciência chegou ao fim. Somos muito pacientes, sabem, somos lentos a arrear [os cavalos], mas rápidos na corrida. Agora, já está na hora de irmos embora. Só estamos esperando que o cocheiro naquela carruagem responda concretamente às nossas propostas”, afirmou Lavrov em uma coletiva de imprensa.

A Rússia é categoricamente contra a exigência do Ocidente de que as tropas russas regressem aos quartéis. O Ocidente ultrapassou todos os limites, afirmou o chanceler.

O Departamento de Estado dos EUA tinha anteriormente exortado a Rússia a fazer retornar aos quartéis os 100 mil soldados que estão supostamente concentrados na fronteira com a Ucrânia.

“Categoricamente não podemos aceitar isso, tais abordagens são inaceitáveis. O momento que foi escolhido [para apresentar as propostas sobre garantias de segurança] simplesmente reflete o período em que o Ocidente ultrapassou todos os limites”, afirmou Lavrov.
A Rússia defende que as questões relativas às garantias de segurança com os EUA e a OTAN devem ser resolvidas com base em um equilíbrio de interesses, observou o ministro das Relações Exteriores russo na coletiva de imprensa.

“Somos a favor de que tudo seja resolvido com base no respeito mútuo, com base em um equilíbrio de interesses. A posição da Rússia, que foi apresentada aos americanos e à OTAN, se baseia precisamente em um equilíbrio de interesses. Esses documentos visam garantir a segurança na Europa como um todo, e de cada país, incluindo a Rússia”…

“Ora, a posição dos EUA e seus aliados consiste em eles quererem assegurar o seu domínio na Europa. Eles querem criar campos de apoio militar em torno da Rússia, querem criar constantemente motivos de provocação para nós, em torno de nossas fronteiras. Mais uma vez, gostaria de chamar a atenção para o aspecto por onde comecei: leiam a Carta de Segurança Europeia aprovada em Istambul em 1999. Tudo o que o Ocidente está declarando e fazendo são violações flagrantes das obrigações então assumidas”…

“Sabemos e somos capazes de garantir nossa segurança em todas as ocasiões. Asseguro a vocês que não vamos esperar indefinidamente por mudanças ou promessas”,

“A Rússia não vai esperar indefinidamente por mudanças e promessas do Ocidente, Moscou sabe como garantir sua própria segurança..”. afirmou o ministro na coletiva de imprensa..

Há centenas de soldados dos EUA e do Reino Unido presentes no território ucraniano; as entregas de armas pelo Ocidente a Kiev cria uma tentação adicional para a Ucrânia de passar a empregar métodos violentos na resolução do conflito em Donbass, observou Lavrov.

Mesmo que a Ucrânia não se junte à OTAN, o aparecimento de armamentos ofensivos e bases militares dos EUA e de outros países na costa ucraniana do mar de Azov é mais uma linha vermelha,” disse.

  • Com informações The Moscow Times, TASS, France Inter e Agence France Press, via redação Orbis Defense Europe/Genebra.
Patrocinado por Google

FAÇA UM PIX E AJUDE O ÁREA MILITAR CONTRA A CENSURA DO YT

OU USE A CHAVE-PIX:  canalareamilitarof@gmail.com

Deixe uma resposta


RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS



ENTRE EM NOSSO CANAL NO TELEGRAM



Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas da área militar destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade. Siga nosso Twitter https://twitter.com/areamilitarof
ARTIGOS RELACIONADOS

FAÇA UM PIX E AJUDE O ÁREA MILITAR 

CHAVE-PIX:  canalareamilitarof@gmail.com

AGORA!