Ciência e Tecnologia – A grande decepção do século XVIII: como a “máquina” de xadrez derrotou Franklin e Napoleão (foto)

O milagre da tecnologia do século XVIII não fascinou apenas pelo seu design, mas também pela sua engenhosidade, já que o “Turco” derrotou muitos enxadristas famosos de sua época. Ele não poupou o grande estrategista Napoleão e o “pai da tecnologia da computação” Babbage.

Em 1997, o supercomputador Deep Blue da IBM gravou seu nome na história da inteligência artificial ao derrotar o campeão mundial de xadrez Garry Kasparov. Este foi um marco importante no desenvolvimento da IA, demonstrando as capacidades das máquinas no domínio de jogos complexos como xadrez, escreve IFLScience.

Foco.A tecnologia tem seu próprio Canal de telegrama. Inscreva-se para não perder as últimas e emocionantes notícias do mundo da ciência!

Xadrez com muitos movimentos possíveis não é uma tarefa fácil para uma máquina. Foram necessárias décadas de avanços na computação e, no caso do AlphaZero do Google, apenas quatro horas para aprender a jogar depois de entender as regras.

No entanto, em 1770, Wolfgang von Kempelen apresentou à imperatriz austríaca Maria Theresa um dispositivo de xadrez chamado Turco para impressioná-la. Esta engenhosa invenção parecia um milagre da tecnologia – um grande armário com parafusos, um tabuleiro de xadrez e um humanóide com um mecanismo de relógio que movia as peças de xadrez.

Máquina de xadrez

O manequim tinha barba preta e olhos cinzentos e vestia uma túnica e turbante turcos, que costuma ser chamado de “traje tradicional de um feiticeiro oriental”. Na mão esquerda ele segurava um longo cachimbo otomano.

Antes do show, von Kempelen virou o armário para revelar que estava vazio, exceto pelas máquinas, e ergueu as roupas do humanóide para provar que não havia nenhuma pessoa ou outro engano por baixo. Ele então fez um grande show dando corda à máquina como um relógio até que ela entrou em ação e começou a mover as peças pelo tabuleiro.

“O Turco” fez uma viagem pela Europa, jogando xadrez com figuras proeminentes como Napoleão Bonaparte, Charles Babbage (muitas vezes chamado de “pai da computação”) e Benjamin Franklin, conquistando vitórias que deixaram muitos maravilhados.

Durante duas décadas, a Máquina de Xadrez confundiu o público, alimentando especulações sobre a sua verdadeira natureza. Alguns acreditavam que era uma máquina real, enquanto os céticos suspeitavam que fosse uma farsa. Ele jogava xadrez decentemente, conhecia as regras da época e demonstrava habilidade tática. Na verdade, ela jogou tão bem quanto seria de esperar de um jogador de xadrez decente trancado num armário sob tais condições.

Porém, em 1857, o filho do último proprietário revelou o segredo da perfeição do turco. Não era uma máquina separada, mas um jogador de xadrez oculto que a controlava dentro do gabinete. As peças de xadrez eram magnéticas e correspondiam ao tabuleiro de xadrez escondido embaixo. Por meio de um pantógrafo, o operador poderia manobrar o braço mecânico da máquina sobre a prancha, realizando movimentos de acordo com as ações do adversário.

Tela cheia

Em essência, o “Turco” era um jogador de xadrez, astuciosamente escondido no armário, que apresentava uma atuação teatral que enganou até gente como Benjamin Franklin e Napoleão.

Foto: Wikipédia

Essencialmente, a Máquina de Xadrez era um jogador de xadrez, astuciosamente escondido em um armário, que apresentava uma atuação teatral que enganou até gente como Benjamin Franklin e Napoleão.

Embora o legado de “O Turco” se baseie no engano, ele destaca um fascínio histórico pelos autômatos e um fascínio humano pelas máquinas que parecem desafiar a nossa compreensão do que é possível.

Importante

Os segredos da Grécia Antiga sobre nutrição adequada ainda são um mistério: por que eles comiam deitados sobre o lado esquerdo

Os segredos da Grécia Antiga sobre nutrição adequada ainda são um mistério: por que eles comiam deitados sobre o lado esquerdo

Anteriormente Foco escreveu sobre um antigo porto encontrado perto do Porto de Roses. Até mastros centenários foram preservados lá.

Também falamos sobre uma espada de 1.200 anos que um homem puxou de um rio inglês. Porém, além da fama, ele teve problemas jurídicos.

Patrocinado por Google

Deixe uma resposta

Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS

Descubra mais sobre Área Militar

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading