Ciência e Tecnologia – Kombuchá protege a saúde: cientistas descobriram que a bebida popular faz bem ao intestino

Os pesquisadores estudaram lombrigas e descobriram que o kombuchá, uma bebida feita de kombuchá, pode realmente melhorar a saúde intestinal e reduzir os níveis de açúcar no sangue. No entanto, os cientistas têm alguns cuidados sobre isso.

Nos últimos anos, tem-se falado muito sobre a saúde intestinal e os inúmeros micróbios que nele vivem. Enquanto ainda estamos descobrindo como introduzir com segurança mais “bactérias boas” em nossos intestinos, uma bebida popular chamou a atenção dos cientistas: o kombuchá kombuchá. escreve Alerta Ciência.

Foco.A tecnologia tem seu próprio Canal de telegrama. Inscreva-se para não perder as últimas e emocionantes notícias do mundo da ciência!

Kombuchá não é apenas uma bebida; é um chá fermentado que contém leveduras e bactérias saudáveis ??para o intestino, como micróbios do ácido láctico. Alguns estudos em ratos associam essas bactérias a um melhor processamento de gordura. Mas o kombuchá pode realmente afetar nosso intestino? Isso é o que os pesquisadores queriam descobrir.

No novo pesquisar os cientistas estudaram lombrigas para ver se os micróbios do kombuchá poderiam fixar residência em seus intestinos. Surpreendentemente, descobriram que estes pequenos organismos tinham colonizado as entranhas dos vermes.

O que é ainda mais interessante é que os vermes alimentados com esses micróbios alteraram o metabolismo da gordura. Isto não aconteceu porque eles absorveram menos nutrientes; em vez disso, seus intestinos começaram a produzir mais proteínas que ajudam a quebrar a gordura.

Esta descoberta ajuda a compreender como o kombuchá pode afetar a saúde humana. Mas é importante notar que ainda estamos nos estágios iniciais da pesquisa.

Apesar de alguns pesquisar Embora estudos em animais sugiram que o kombuchá pode melhorar a saúde intestinal, os cientistas ainda não têm evidências suficientes de testes em humanos.

Importante

Eles fizeram fila e trouxeram presentes: foram encontradas as imagens mais antigas da medicina da Grécia Antiga (foto)

Além disso, nem todos os tipos de kombuchá são criados iguais. A forma como é produzido e armazenado pode afetar sua composição microbiana. Além disso, pesquisas recentes indicam que o kombuchá pode ajudar a reduzir os níveis de açúcar no sangue em pessoas com diabetes.

Outro estudo sugeriu que o consumo regular de alimentos fermentados, como o kombuchá, pode aumentar a diversidade de micróbios intestinais e reduzir o risco de inflamação.

Anteriormente Foco escreveu sobre a trágica descoberta. Os pesquisadores descobriram exatamente como a civilização peruana da cultura Chavin desapareceu.

Também escrevemos sobre o estudo da biomassa antiga. Os cientistas conseguiram estudar uma amostra de matéria orgânica com 3,5 bilhões de anos.

Este artigo é baseado e não contradiz as mais recentes pesquisas científicas e médicas. O texto tem caráter meramente informativo e não contém orientação médica. Para estabelecer um diagnóstico, consulte um médico.

Patrocinado por Google

Deixe uma resposta

Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS

Descubra mais sobre Área Militar

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading