Ciência e Tecnologia – O primeiro vôo ao espaço da nave Starliner com tripulação: haverá um “unicórnio” do oceano a bordo (foto)

Outro “astronauta” parece um unicórnio e tem o mesmo nome da cápsula da tripulação da espaçonave CST-100 Starliner.

Apesar de a Boeing ter adiado o histórico lançamento da espaçonave CST-100 Starliner com dois astronautas para a Estação Espacial Internacional (ISS), ele ainda acontecerá. O lançamento de 6 de maio foi cancelado por motivos técnicos, mas um novo lançamento está planejado para um futuro próximo. Junto com os astronautas da NASA, haverá um narval de brinquedo a bordo como um indicador de ausência de peso, escreve Espaço.

Em foco. Surgiram tecnologias Canal de telegrama. Inscreva-se para não perder as últimas e emocionantes notícias do mundo da ciência!

Junto com os astronautas Barry Wilmore e Sunita Williams, a espaçonave CST-100 Starliner da Boeing carregará um indicador de gravidade zero na forma de um narval de brinquedo. Este é um voo histórico para a nave espacial, que transportará uma tripulação para a ISS pela primeira vez após anos de desenvolvimento e testes.

Indicadores de gravidade zero em forma de brinquedos nos Estados Unidos começaram a ser usados ??pela primeira vez em 2020 na espaçonave Dragon da SpaceX. Foi então usado pela primeira vez pela NASA na espaçonave Orion em 2022, durante uma missão não tripulada à Lua. Quando uma espaçonave entra no espaço, tal indicador mostra que já existe ausência de peso a bordo, pois ela começa a “flutuar”.

Tela cheia

Sunita Williams segura um narval de brinquedo que será um indicador de ausência de peso

Foto: Boeing

O narval de brinquedo é chamado de “Calypso” e a cápsula da tripulação Starliner tem o mesmo nome. Este brinquedo foi escolhido para o voo pelo sobrinho e sobrinha de Williams, que adoram temas marinhos. Foi Williams quem batizou a cápsula em homenagem ao nome do navio de pesquisa do oceanógrafo Jacques-Yves Cousteau. É mera coincidência que o brinquedo tenha o mesmo nome da cápsula.

Quanto aos narvais, esses mamíferos marinhos, que parecem unicórnios de contos de fadas por terem uma presa, vivem nas águas geladas do Ártico. Nos narvais machos, a presa pode atingir 3 metros de comprimento.

O primeiro voo do CST-100 Starliner com astronautas a bordo é essencialmente um voo de teste, uma vez que tais voos nunca foram realizados antes. Os dois astronautas passarão uma semana na ISS antes de retornarem à Terra em uma cápsula.

Starliner

Tela cheia

O primeiro voo do CST-100 Starliner com astronautas a bordo é essencialmente um voo de teste, uma vez que tais voos nunca foram realizados antes. Os dois astronautas passarão uma semana na ISS antes de retornarem à Terra em uma cápsula.

Foto: Boeing

A NASA planeja começar a usar a espaçonave Boeing em 2025 para transportar astronautas para a ISS. Assim, a nave competirá com a espaçonave da SpaceX, que há 4 anos envia cargas e pessoas para o posto orbital.

Como já escrevi Foco, a SpaceX exibiu seu novo traje espacial. Pela primeira vez na história, uma pessoa comum, e não um astronauta, irá para o espaço sideral. E isso acontecerá ainda este ano, durante a missão Polaris Dawn.

Patrocinado por Google
Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS

Descubra mais sobre Área Militar

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading