Ciência e Tecnologia – Uma mulher conseguiu perder 45 kg sem recorrer a dietas: seu médico contou como ela fez

Às vezes, o desejo de perder peso turva nossas mentes, obrigando-nos a viver literalmente na balança e a nos preocupar com cada movimento de sua agulha, mas os médicos acreditam que para perder peso com sucesso você não precisa se limitar e focar no peso.

Perder peso sempre parece algo simples. Coma menos, ande mais e veja o peso diminuir. Mas a história de Angie Ehrenzweig destaca uma realidade mais ampla: às vezes, tratar doenças subjacentes tem um impacto maior na perda de peso do que monitorar calorias ou quilômetros, escreve KSL.

Foco.A tecnologia tem seu próprio Canal de telegrama. Inscreva-se para não perder as últimas e emocionantes notícias do mundo da ciência!

A raiva se tornou o ponto de partida da jornada de Angie. Ela tentou de tudo, mas não conseguiu perder peso e estava lidando com fibromialgia, exaustão, resistência à insulina e desespero. Mesmo as coisas mais básicas, como fazer uma caminhada ou comunicar-se com a família, pareciam impossíveis para ela por causa desses problemas. Foram esses fatores, aliados ao ressentimento pelo fracasso, que a forçaram a dar um passo que mudou sua vida.

Médico visitante Whit Roberts tornou-se um ponto de viragem na sua vida. O Dr. Roberts conduziu uma avaliação aprofundada da saúde de Angie usando exames especializados. Este não foi um exame médico comum; em vez disso, foi uma avaliação extensa que forneceu mais informações do que muitos dos exames de rotina utilizados pelos médicos.

O compromisso do Dr. Roberts em compreender plenamente seus pacientes distingue sua abordagem. Além da digitalização, ele utiliza um questionário completo e realiza consultas demoradas – uma prática rara no agitado mundo da medicina moderna. Suas estratégias terapêuticas são construídas nesse desejo de conhecer e ouvir.

Essa técnica metodológica teve um efeito transformador em Angie. Ela perdeu 45 quilos e experimentou alívio completo da dor, fadiga e tristeza ao seguir um programa personalizado adaptado aos seus problemas de saúde únicos. Mas qual foi o tratamento específico de Angie que ajudou tanto a mulher? Dr. Roberts fala sobre táticas amplas para superar a resistência à insulina, mas mantém os detalhes em segredo. Essa doença, na qual as células não respondem adequadamente à insulina, pode aumentar os estoques de gordura e dificultar a perda de peso. Vários métodos são usados ??para tratar essa condição, como ajustes na dieta, vitaminas e até tratamentos especializados, como terapia com calor e luz infravermelha. Qualquer pessoa que enfrente tais dificuldades deve primeiro entrar em contato com um especialista para um exame completo. Além disso, não se esqueça do apoio dos entes queridos em seus empreendimentos, diz Roberts. Afinal, iniciar sua jornada rumo a uma saúde melhor com a família e os amigos aumentará muito suas chances de sucesso.

A história de Angie não é apenas uma história de sucesso na perda de peso; ela demonstra o valor de uma abordagem personalizada à saúde. Também serve como um lembrete de que, por vezes, na nossa jornada para perder peso, precisamos de olhar para além da balança, para os problemas de saúde subjacentes que nos impedem de alcançar os nossos objetivos.

Anteriormente Foco escreveu sobre uma nova maneira simples de aumentar os músculos do braço em apenas 3 segundos, 3 vezes por semana. Os cientistas acreditam que treinos frequentes, mas curtos, trarão mais resultados do que treinos raros, mas longos.

Também Foco escreveu sobre qual mês é melhor para iniciar uma dieta com eficácia. Os resultados mostraram que o melhor período para começar não é o verão ensolarado.

Este material é apenas para fins informativos e não contém conselhos que possam afetar sua saúde. Se você estiver enfrentando problemas, entre em contato com um especialista.

Patrocinado por Google

Deixe uma resposta

Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS

Descubra mais sobre Área Militar

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading