HomeAeroespacialCientistas descobrem POSSÍVEL causa da dor de cabeça em astronautas americanos na...

Cientistas descobrem POSSÍVEL causa da dor de cabeça em astronautas americanos na ISS

Cientistas dos Estados Unidos estão investigando por que os astronautas americanos na Estação Espacial Internacional (ISS) têm dores de cabeça.

Para os cientistas americanos, acredita-se que haja uma falha no aumento do teor de dióxido de carbono na estação. Especialistas russos discordam dessas conclusões.

Foi necessário reduzir o nível de dióxido de carbono na estação da NASA em 2008, quando astronautas dos Estados Unidos começaram a reclamar de dores de cabeça, embora o conteúdo estivesse dentro da norma estabelecida – 5-6 mmHg. Ao mesmo tempo, as dores de cabeça das tripulações foram associadas ao conteúdo de CO2 sem exame médico das vítimas.

A Rússia foi ao encontro dos americanos e reduziu a concentração máxima de dióxido de carbono para 3 mm, mas as reclamações continuam.

No período de 2001 a 2012, foram registrados 46 casos desse tipo, e em 1.670 casos ninguém se queixou de dores de cabeça. A análise dessas informações mostrou que os membros da tripulação americana tinham dores de cabeça ao trabalhar em espaços apertados com pouco ar ou quando todos estavam reunidos na mesma sala.

Especialistas da Federação Russa também sugeriram que as dores de cabeça podem ocorrer devido à influência da falta de peso, já que o sangue sobe para a cabeça. Também é possível que, durante o sono, um dos astronautas tenha inalado dióxido de carbono exalado por ele mesmo.

Além disso, o lado russo afirma que nos seus segmentos da ISS, onde a concentração média de CO2 estava ao nível de 6 mmHg, não foram observadas dores de cabeça nem nos russos nem nos estrangeiros.

A investigação continua.


RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS



ENTRE EM NOSSO CANAL NO TELEGRAM



Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas da área militar destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

AGORA!