HomeConflitosConfrontos entre grupos terroristas na Síria atingem posições de fronteira da Turquia

Confrontos entre grupos terroristas na Síria atingem posições de fronteira da Turquia

Desde o final de 10 de julho, pesados ​​confrontos acontecem entre grupos de terroristas islâmicos e outros militantes apoiados pela Turquia na cidade de Ras al-Ain, no nordeste da Síria, na fronteira com a Turquia.

Um desentendimento pessoal entre as lideranças e disputas por pagamentos é a causa do conflito, que colocou militantes de duas unidades diferentes da Divisão Hamzah em confronto. A Divisão Hamza é uma facção chave do Exército Nacional Sírio (Não confundir com o SAAF, as foças armadas regulares sírias de Assad), apoiado pela Turquia.

Durante os confrontos, várias granadas propelidas por foguete atingiram o portão da fronteira com a Turquia, ao norte de Ras al-Ain e aparentemente nenhum dano foi relatado.

De acordo com relatos de observadores internacionais e informações de moradores locais, a tática de ambos os lados é atacar uns aos outros, atacar os civis e atribuir a autoria dos ataques à facção rival.

De acordo com o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, com sede em Londres, um militante foi morto e outros quatro ficaram feridos como resultado dos confrontos.

Os militares turcos e seus representantes ocuparam Ras al-Ain em 20 de outubro de 2019, após uma batalha contra as Forças Democráticas da Síria (rebeldes sírios anti Assad, em partes apoiados pelos EUA e Europa), que mostraram resistência feroz. Dezenas de militantes apoiados pela Turquia foram mortos na batalha.

Desde que caiu nas mãos de militantes apoiados pela Turquia, a situação em Ras al-Ain está instável. Os moradores locais estão relatando violações de direitos humanos regularmente. Além disso, bombardeios e confrontos se tornaram muito comuns. A situação em outras áreas ocupadas pela Turquia no nordeste da Síria não é melhor.

  • Com informações SANA Syria, OSHR – Observatório Sírio de Direitos Humanos, France Inter, STF Analysis & Intelligence via redação Orbis Defense Europe.

FAÇA UM PIX E AJUDE O ÁREA MILITAR CONTRA A CENSURA DO YT

OU USE A CHAVE-PIX:  canalareamilitarof@gmail.com

Deixe uma resposta


RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS



ENTRE EM NOSSO CANAL NO TELEGRAM



Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas da área militar destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade. Siga nosso Twitter https://twitter.com/areamilitarof
ARTIGOS RELACIONADOS

FAÇA UM PIX E AJUDE O ÁREA MILITAR CONTRA A CENSURA DO YT

OU USE A CHAVE-PIX:  canalareamilitarof@gmail.com

AGORA!