Curiosidades – O mel alucinógeno do Himalaia – PS

O site PS trouxe mais uma importante matéria sob direção da jornalista Paula Santinati. Acesse: https://psantinati.wordpress.com/

As montanhas majestosas do Himalaya abrigam não apenas paisagens deslumbrantes, mas também um segredo intrigante: as abelhas do Himalaya que produzem um mel conhecido por seus efeitos alucinógenos.

Descoberta das abelhas do Himalaya

A história desse mel peculiar começa com a descoberta acidental por comunidades locais. Durante séculos, as tribos indígenas da região notaram efeitos incomuns após consumir o mel de determinadas colmeias. Pesquisadores, intrigados com relatos de experiências alteradas, decidiram investigar mais a fundo.

Como o mel é produzido?

As abelhas responsáveis por essa iguaria são as Apis dorsata laboriosa, uma subespécie de abelhas melíferas. Elas coletam o néctar de uma variedade específica de rododendros que crescem nas altitudes elevadas do Himalaya.

Este néctar contém substâncias químicas únicas que, durante o processo de produção do mel, são transformadas pelas enzimas das abelhas, dando origem às propriedades do mel alucinógeno.

A colheita desse mel é uma prática desafiadora e arriscada, os apicultores escalam os penhascos onde as colmeias estão e equipados com trajes especiais, eles retiram o mel das colmeias sem perturbar as abelhas. Esta tradição perigosa é passada de geração em geração, revelando a importância cultural e econômica do mel alucinógeno para essas comunidades.

Por ser uma colheita tão perigosa, já que as picadas podem até mesmo furar as roupas de proteção dos apicultores, hoje em dia o produto final com 500g pode chegar a custar de 60 a 180 dólares.

Propriedades alucinógenas

Os efeitos alucinógenos do mel são atribuídos às substâncias presentes no néctar coletado pelas abelhas. Uma vez consumido, o mel pode proporcionar experiências sensoriais intensas e alterações na percepção. Os ingredientes ativos incluem, muitas vezes, compostos como grayanotoxinas, que têm efeitos psicoativos.

Os nativos do local ainda o utilizam como anti séptico, tratamento de tosses, e para aliviar a dor.

Os benefícios para a saúde

O seu consumo é feito em pequenas quantidades e mesmo que seja um doce relaxante, em doses maiores pode causar intoxicação, provocando vômitos, fraqueza muscular e irregularidades cardíacas. A dose recomendada para ingerir é duas colheres de chá.

Alguns benefícios para a saúde são:

  • Boa fonte de antioxidantes
  • Propriedades antibacterianas
  • Propriedades antifúngicas
  • Ajuda para problemas digestivos
  • Alivia dores de garganta e tosse

Patrocinado por Google

Deixe uma resposta

Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS

Descubra mais sobre Área Militar

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading