Deepfake, golpes de IA – Governo alerta sobre anúncios falsos nas redes sociais

As plataformas de redes sociais observaram um aumento no número de anúncios falsificados, conforme relatado por várias fontes. O governo iniciou colaborações com intermediários para combater este problema crescente. Recentemente, uma mensagem de advertência foi divulgada pelo governo a determinados cidadãos, incluindo um membro associado a uma importante entidade tecnológica. O comunicado alertou os indivíduos sobre a proliferação de anúncios falsos, potencialmente utilizando tecnologia deepfake para perpetrar golpes.

Tenha muito cuidado com o que você vê nas redes sociais

A comunicação do governo apelou à vigilância contra anúncios fraudulentos relacionados com atividades no mercado de ações, negociações e dicas supostamente gratuitas divulgadas através de aplicações de redes sociais. Ele enfatizou a possibilidade de os perpetradores empregarem vídeos e imagens deepfake para enganar os usuários. O comunicado enfatizou a importância da proteção contra as tentações motivadas pela ganância e alertou os usuários a permanecerem vigilantes contra os golpistas.

À luz de como os golpistas atacam os usuários das redes sociais com anúncios enganosos, os perpetradores empregam várias estratégias para capturar vítimas inocentes. Por exemplo, no domínio dos aplicativos de empréstimo, os anúncios falsificados muitas vezes prometem taxas de juros implausivelmente baixas para atrair os indivíduos. Posteriormente, após a aprovação, as vítimas são confrontadas com encargos não revelados e taxas de juro inflacionadas, contrariamente às promessas iniciais.

Além disso, estes anúncios fraudulentos podem redirecionar os utilizadores para websites aparentemente autênticos, solicitando-lhes que preencham formulários de inscrição. Esses formulários normalmente solicitam informações pessoais, incluindo números de telefone, detalhes de contas bancárias e senhas. Esses dados podem ser explorados para spam ou outras atividades fraudulentas.

Para se protegerem contra estas práticas enganosas, os utilizadores das redes sociais são aconselhados a ter cautela. Anúncios falsos geralmente apresentam ofertas atraentes, prometendo soluções rápidas ou benefícios irrealistas. É crucial evitar interagir com anúncios provenientes de contas não verificadas ou marcas desconhecidas. Além disso, os usuários devem examinar os anúncios em busca de indicadores de legitimidade, como logotipos ou emblemas de empresas. Dado o potencial uso da tecnologia deepfake para aumentar a credibilidade de anúncios falsificados, os usuários são incentivados a permanecer atentos a quaisquer inconsistências.

Patrocinado por Google

Deixe uma resposta

Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS

Descubra mais sobre Área Militar

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading