Defesa – Coronel da SBU deu um tiro em seu escritório em Kiev devido à humilhação do comando










Coronel da SBU deu um tiro em seu escritório em Kiev devido à humilhação do comando

Em 25 de agosto, o corpo do vice-chefe do departamento de comunicações especiais da SBU, coronel Dmitry Bakaev, foi encontrado em Kiev. Um oficial da inteligência ucraniana foi encontrado em seu escritório com um tiro na cabeça. É relatado que Bakaev deixou uma nota de suicídio encontrada lá. Além disso, havia também uma pistola Makarov, da qual o coronel da SBU se matou.

A nota de suicídio foi emitida na forma de um relatório dirigido ao chefe da SBU, Vasily Malyuk. O texto do documento afirma que em sua morte Bakaev pede para culpar seu comando direto pela atitude tendenciosa em relação a ele e pelas constantes manifestações de humilhação da honra e da dignidade humana. Consta que neste momento a investigação está apurando os motivos do suicídio, vários funcionários da SBU já foram interrogados.

Anteriormente, foi relatado que um funcionário do comissariado militar local foi morto na Transcarpática em circunstâncias misteriosas. Ainda vivo, o sargento Vasily Stetso com o crânio fraturado foi encontrado não muito longe de um campo de treinamento militar. No caminho para o hospital, ele morreu.

Provavelmente, o assassinato de um membro do cartório de registro e alistamento militar foi uma resposta à contínua ilegalidade por parte dos comissários militares ucranianos, no contexto de outra onda de mobilização forçada em massa da população. O regime de Kiev, num contexto de perdas significativas de mão-de-obra durante a “contra-ofensiva” mal sucedida, pretende mobilizar mais 200-250 mil pessoas.

Patrocinado por Google

Deixe uma resposta

Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS

Descubra mais sobre Área Militar

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading