Destruidor da Marinha Mason dispara míssil Houthi “provavelmente” em direção a navio dos EUA

O contratorpedeiro da Marinha Mason derrubou um míssil balístico antinavio sobre o Golfo de Aden na terça-feira, que foi lançado por militantes Houthi e “provavelmente tinha como alvo” um navio comercial dos EUA, disseram os militares.

O Comando Central dos EUA, que supervisiona as operações militares no Médio Oriente, disse o míssil que lançou do Iêmen pelo grupo apoiado pelo Irã parecia ter como alvo o navio americano M/V Yorktown. O Mason e o navio de guerra Laboon da Marinha o escoltavam pelas águas precárias da região quando o ataque ocorreu.

“Não houve feridos ou danos relatados por navios dos EUA, da coalizão ou comerciais”, disse o CENTCOM no comunicado.

O incidente marca pelo menos o nono confronto dos Mason desde que os Houthis iniciaram a sua campanha de ataques a navios comerciais e militares no outono, e uma das poucas vezes nos últimos meses em que as autoridades revelaram que um navio mercante dos EUA foi diretamente visado.

Um anúncio sobre o último conflito veio no mesmo dia em que o CENTCOM divulgou que os EUA redirecionaram milhares de armas para a Ucrânia no início deste mês, que apreenderam de um grupo iraniano que tentava contrabandear munições para os Houthis.

Entre outros episódios do Mason no conflito em curso, em fevereiro, ele derrubou um míssil balístico anti-navio que o CENTCOM disse provavelmente ter como alvo o petroleiro americano M/V Torm Thor. O destróier também participou em janeiro na derrubada uma barragem de drones e mísseis disparado contra o Mar Vermelho.

Jonathan é redator e editor do boletim informativo Early Bird Brief do Military Times. Siga-o no Twitter @lehrfeld_media

Patrocinado por Google

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS