HomeIsraelDrones Israelenses Heron avançam no território comercial na Ásia

Drones Israelenses Heron avançam no território comercial na Ásia

O Heron é um Sistema Aéreo Não Tripulado (UAS) de média altitude e longa resistência (MACHO) para missões estratégicas e táticas. Operado globalmente para clientes em todo o mundo em missões estratégicas e táticas.

O Heron é capaz de fornecer operações de até 45 horas de duração, a até 35.000 pés. Robusto e comprovado em combate com centenas de milhares de horas de voo operacional, o equipamento está atendendo atualmente a mais de 20 clientes líderes globais em uma ampla gama de tipos de missão.

Pela sua notável experiência e desempenho comprovado no Oriente-médio e no exterior, como no Brasil, por exemplo, atualmente operando na Força Aérea Brasileira (FAB), a empresa israelense Israel Aerospace Industries (IAI) mais uma vez elevou seu dispositivo ao comércio de exportação e assinou recentemente um contrato de US$ 200 milhões para fornecer serviços de Veículos Aéreos Não Tripulados (UAV) a um país da Ásia.

Os serviços estão relacionados ao veículo aéreo IAI Heron. Esta é a quarta grande transação de UAV anunciada pela IAI este ano.

Controlado remotamente a partir de fragatas marítimas ou da costa, o Heron apoia missões terrestres e marítimas contra submarinos e guardas costeiras, transmite informações enquanto está no mar, inclusive entre todos os sistemas de armas que participam de uma missão.

O presidente e CEO da IAI, Boaz Levy, disse: “O negócio é uma prova da forte satisfação de nossos clientes com os UAVs Heron, incluindo seu desempenho operacional e técnico. Nossos clientes escolhem repetidamente o Heron por sua ampla gama de missões de coleta de inteligência em diferentes configurações de solo e clima”.

O sistema multi-missão utiliza até seis cargas úteis diversas simultaneamente, permitindo missões complexas de inteligência, vigilância, aquisição de alvos e reconhecimento (ISTAR) em qualquer terreno, incluindo florestas, selvas ou pântanos, no mar ou em áreas urbanas. O sistema também possui a capacidade única de utilizar conjuntos de sensores fornecidos de acordo com as necessidades do cliente.

Os sensores de Heron alimentam dados ISTAR coletados para o segmento de solo e usuários finais de nível tático em tempo real, por meio de linha de visão direta ou via comunicação por satélite. Isso essencialmente permite que o alcance operacional do Heron seja limitado apenas pela disponibilidade de combustível, com missões que variam mais de 1.000 km de sua base operacional.

O Heron pode ser equipado com comunicação LOS ou SATCOM e apresenta flexibilidade operacional de “longo prazo” com decolagem, pouso e controle remotos automatizados, sem a necessidade de implantar um posto de controle próximo à pista.

Até o momento não se sabe qual nação asiática será o destino dos produtos aéreos tecnológicos israelenses. Israel possui algumas variantes do Heron principal, comportando-se especificamente de acordo com seu aprimoramento e atividade a ser executada, destaque para o Heron TP e Heron MK II.

Na versão Heron, o dispositivo aéreo possui máxima carga de decolagem na casa de 1.270 kg, possui comprimento total de 8,5 m e 16,6 m de envergadura, controlado por constelações em órbita da terra e comandado por militares em solo ou embarcado.

IAI Heron

Robustos e comprovados em combate, com centenas de milhares de horas de voo operacional, os sistemas de Longitude e Altitude Média-Longa (MALE) da empresa israelense permitem inteligência, vigilância, aquisição e reconhecimento de alvos complexos em qualquer terreno, em quaisquer condições climáticas.

IAI, via Redação Área Militar


RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS



ENTRE EM NOSSO CANAL NO TELEGRAM



Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas da área militar destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade. Siga nosso Twitter https://twitter.com/areamilitarof
ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

AGORA!