EUA criticam a Rússia por suposto rapto de crianças ucranianas

Os Estados Unidos acusaram novamente na quarta-feira a Rússia de levar crianças ucranianas, algumas das quais foram entregues para adoção, depois de novos relatos da mídia detalharem supostos sequestros.

“Isto é desprezível e terrível. Estas crianças ucranianas pertencem às suas famílias dentro da Ucrânia”, disse o conselheiro de Segurança Nacional da Casa Branca, Jake Sullivan.

“A Rússia está a travar uma guerra não apenas contra os militares ucranianos – mas contra o povo ucraniano.”

Um investigação do Financial Times, publicado quarta-feira, identificou e localizou quatro crianças ucranianas alegadamente transferidas para a Rússia, depois oferecidas para adoção no site usynovite.

As crianças têm entre 8 e 15 anos.

Segundo o relatório, o nome de uma criança foi alterado para russo e nenhuma menção é feita no site sobre suas origens ucranianas.

A Ucrânia exige o regresso de quase 20 mil menores que afirma terem sido levados ilegalmente pela Rússia desde o início da invasão de Moscovo em 2022.

O Tribunal Penal Internacional emitiu um mandado de prisão contra o presidente russo, Vladimir Putin, e a sua comissária para os direitos das crianças, Maria Lvova-Belova, devido às acusações.

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, disse à AFP no mês passado que planejava fazer do retorno das crianças uma prioridade máxima na cúpula deste fim de semana na Suíça sobre o fim da guerra.

Patrocinado por Google
Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Descubra mais sobre Área Militar

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading