EUA incomodados! Lula acusa o Departamento de Justiça dos EUA de “manipular” a Lava Jato, mas não apresentou provas

Lula acusa o Departamento de Justiça dos EUA de manipular a Operação Lava Jato por não aceitar a maior empresa de petróleo (Petrobrás) da América do Sul.

Durante uma visita à refinaria símbolo da operação Lava Jato, Abreu e Lima, em 18 de janeiro, o atual chefe do executivo do Brasil, Lula, disse que ocorreu no Brasil “uma mancomunação” de juízes e procuradores brasileiros com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos contra a Petrobras, em referência não explícita à Operação Lava Jato.

A acusação de Lula contra o Departamento de Justiça Americano não foi acompanhada por provas. “Tudo que aconteceu nesse país foi uma mancomunação entre alguns juízes deste país, alguns procuradores deste país”, disse Lula durante discurso de anúncio da retomada das obras na Refinaria de Abreu e Lima.

Complementando, Lula disse que houve ações de “subordinados ao Departamento de Justiça dos Estados Unidos, que nunca aceitaram o Brasil ter uma empresa como a Petrobras […] eles não queriam que a gente tivesse a Petrobras em 1953″.

Em 2018, o Tribunal de Contas da União (TCU) apontou que a construção da Refinaria Abreu e Lima teve um superfaturamento estimado em R$ 2 bilhões. Na época, a Corte condenou ex-gestores da Petrobras e mais duas construtoras a devolverem cerca de R$ 1,95 bilhão aos cofres públicos.

De acordo com a Revista Oeste, essa não foi a única vez que o TCU apontou superfaturamento na construção da refinaria. Em 2014 o tribunal encontrou irregularidades de R$ 243 milhões nas obras da Abreu e Lima. No mesmo ano, a Lava Jato havia estimado que R$ 400 milhões foram desviados da obra.

No entanto, as falas do chefe do executivo brasileiro não caíram bem em Washington. Analistas independentes nos EUA compararam as falas de Lula com as falas bolivarianistas e revolucionárias de Nicolás Maduro, ditador da Venezuela, que acusou o governo americano e o Departamento de Justiça de intervir nas relações políticas e econômicas internas do País.

A Embaixada Americana no Brasil ainda não se manifestou, e há republicanos na Casa dos Representantes dos EUA que estão pressionando algumas autoridades no Departamento de Justiça a buscar melhores explicações do chefe brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva.

Patrocinado por Google

Deixe uma resposta

Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS

Descubra mais sobre Área Militar

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading