HomeBrasil Marinha do Brasil pode estar criando jogo inspirado no ARMA 3...

[EXCLUSIVO] Marinha do Brasil pode estar criando jogo inspirado no ARMA 3 e Rainbow Six

Rio de Janeiro, 13/06/2021 – Segundo fontes seguras, alguns setores específicos da Marinha do Brasil estão a planejar – ainda na fase de concepção – um jogo destinado a atrair a sociedade civil aos assuntos de interesse militar e da Defesa Nacional, e para isso estão em conversas internas com alguns estúdios de desenvolvimento de jogos prestigiados no Brasil e na França para acertar como tal empreitada poderá ser executada.

O projeto-jogo que internamente está sendo chamado de Operação Dragão I colocará os usuários no comando de diferentes unidades do Corpo de Fuzileiros Navais, com missões sendo realizadas em diversos lugares do Brasil, países fictícios baseados na América do Sul e do Caribe. Tudo indicando com inspirações no Haiti, Continente Africano e de uma nação com fortes instabilidades políticas e econômicas, no qual é enviado uma Força de Operações Especiais para resgatar diplomatas e civis brasileiros em perigo.

Ainda no escopo da concepção, o jogo deverá possuir um sistema interno para a criação de cenários de maneira fácil, simples e direta. Dando a liberdade ao jogador de criar as suas próprias missões com unidades, armamentos e meios do seu próprio gosto, contendo de maneira fiel e sem fugir das características no inventario bélico disponível no CFN.

É esperado que unidades como os Comandos Anfíbios, Operações Ribeirinhas e integrantes dos batalhões de infantaria sejam inseridos em missões diversas ao decorrer da história, com objetivos diferentes dentro de um enredo e/ou missão, muito semelhante ao que vemos em jogos da série Call Of Duty.

O jogo será baseado em um cenário contemporâneo, fugindo de ambientes futuristas de tecnologias e meios inexistentes, além de ter que possuir a capacidade de um multijogador com até 60 usuários, que poderão lutar em dois times distintos, contra todos, ou criando 6 grupos de 10 – tudo isso dentro de mapas e objetivos que poderão ser o padrão inseridos no jogo base ou criado do zero por algum usuário e disponibilizado para download em uma própria área da interface dedicada para baixar mapas/missões criadas por terceiros.

A utilização de veículos do Corpo de Fuzileiros Navais também está prevista, com a possibilidade dos jogadores utilizarem os veículos blindados Piranha IIIC, AAV-7A1 RAM-RS, Oshkosh JLTV e viaturas de transporte leves não blindadas como o Land Rover Defender e Agrale Marruá, além do sistema de lançamento de foguetes ASTROS 2020. Também com o projeto abraçando os veículos logísticos, de resgate de feridos e embarcações diversas.

Comandos Anfíbios, OLIMPIADAS. Simulação de ataque terrorista à estação de metrô no Rio.

As exigências e desafios são grandes, é esperado que primeira versão seja para computador, e caso possua o mínimo de 20 mil usuários será realizada uma versão para o novo console topo de linha da Microsoft, o Xbox Series X. Outros fatores como recursos para a criação do projeto estão em andamento, é provável que a divisão dos custos de produção do desenvolvimento sejam através de empresas privadas, com fortes indícios das catalogadas na ABIMDE (Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança).

FAÇA UM PIX E AJUDE O ÁREA MILITAR CONTRA A CENSURA DO YT

OU USE A CHAVE-PIX:  canalareamilitarof@gmail.com

Deixe uma resposta


RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS



ENTRE EM NOSSO CANAL NO TELEGRAM



Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas da área militar destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade. Siga nosso Twitter https://twitter.com/areamilitarof
ARTIGOS RELACIONADOS

FAÇA UM PIX E AJUDE O ÁREA MILITAR CONTRA A CENSURA DO YT

OU USE A CHAVE-PIX:  canalareamilitarof@gmail.com

AGORA!