Filhos de padre russo condenados a até 17,5 anos de prisão por tentarem ingressar no exército ucraniano

A Rússia condenou três filhos de um padre russo a até 17,5 anos de prisão por tentarem ingressar no exército ucraniano, informou o site de notícias independente Mediazona. relatado Quarta-feira.

Ioann Ashcheulov, 24, Alexei Ashcheulov, 20 e Timofey Ashcheulov, 19, foram detidos em julho de 2023 enquanto tentavam cruzar a fronteira entre a Rússia e a Ucrânia. Os irmãos, cujo pai é Igor Ashcheulov, um padre recluso de 49 anos da região de Lipetsk, negam a sua culpa.

O Segundo Tribunal da Guarnição Militar Ocidental de Moscou considerou os três irmãos culpados de tentativa de traição, tentativas ilegais de cruzar a fronteira e participação em uma organização terrorista. Eles foram condenados a penas entre 17 e 17,5 anos de prisão de segurança máxima.

Os promotores solicitaram 18 anos de prisão para os três homens.

O julgamento dos Ashcheulov foi aberto ao público, apesar dos casos de traição normalmente serem realizados a portas fechadas.

Zona de mídia relatado que os investigadores descobriram vídeos filmados pelo quarto irmão Ashcheulov nos quais Alexei e Timofey alegadamente discutiram “desertar para o lado ucraniano” e Alexei expressou “vergonha” por ser russo.

Os guardas de fronteira do FSB também encontraram e-mails e correspondência do Telegram com um membro da Legião da Liberdade da Rússia, uma unidade paramilitar do exército ucraniano composta por cidadãos russos que lutam contra as tropas de Moscou. A Rússia baniu a legião, considerando-a uma organização terrorista.

Os irmãos Ashcheulov expressaram oposição à invasão da Ucrânia pela Rússia nas suas declarações finais, de acordo com a Mediazona.

“Nasci num país que comete crimes na Ucrânia. Sou responsável pelas ações do meu governo e muitos cidadãos pacíficos da Ucrânia que morreram devido aos bombardeamentos russos eram absolutamente inocentes”, disse Ioann ao juiz.

“Posso dizer que não me considero um traidor da Rússia”, acrescentou.

A Igreja Ortodoxa Russa tem sido uma defensora fervorosa da invasão da Ucrânia, com o chefe da Igreja, o Patriarca Kirill referindo-se considerá-la uma “guerra santa”.

Patrocinado por Google
Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Descubra mais sobre Área Militar

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading