Força Aérea Brasileira – Militares das Forças Armadas participam do Mundial de Tiro com Arco

O Terceiro Campeonato Mundial Militar de Tiro com Arco do Conselho Internacional do Esporte Militar (CISM) aconteceu entre os dias 26 e 28/02, na cidade de Dhaka, em Bangladesh. Essa foi a primeira vez que militares do Programa de Atletas de Alto Rendimento (PAAR) da Força Aérea Brasileira (FAB) e do Paradesporto Militar disputaram juntos o mesmo campeonato. A competição contou com a participação de 12 países: Alemanha, Bangladesh, Bielorrússia, Brasil, Coreia do Sul, Eslovênia, França, Irã, Paquistão, Romênia, Rússia e Sri Lanka.

O Vice-presidente da Comissão de Desportos da Aeronáutica, Coronel de Infantaria Rodrigo Felipe Monteiro, acompanhou a equipe na disputa e falou sobre a participação. “Fora os Jogos Mundiais Militares que aconteceram no Rio de Janeiro em 2011 e os Jogos em Wuhan em 2019, esse foi o primeiro campeonato mundial que teve participação de paratletas, sendo um fato muito importante para o Desporto e Paradesporto. Foram oito provas no total e o Brasil participou de sete dessas. Nossa equipe competiu seis finais, conquistando medalhas de ouro em todas, em categorias como dupla mista, dupla regular e individual. Todos os paratletas competiram e conquistaram medalhas em todas as finais”, relatou.

O atleta na modalidade tiro com arco do PAAR, Sargento Marcus Vinicius Carvalho D`Almeida, falou sobre a experiência em participar do Mundial Militar.  “Estou muito feliz com a vitória e ter chegado à final com todas as flechas no alvo 10. Foi também a última oportunidade de me tornar Campeão Mundial Militar, pois já estou completando meu oitavo ano de serviço pelo PAAR, então essa vitória tem um sabor especial. Me preparei e treinei para isso e, graças a Deus, consegui atingir o resultado. Estou muito feliz e agradeço todo o apoio da FAB, do Programa de Atletas e de todos que sempre acreditaram em mim”, expressou.

A representante do Exército Brasileiro, Tenente Tércia Ferreira Figueiredo, descreveu com emoção o sonho de participar e representar o Brasil no Mundial Militar. “Foi o impossível tornando-se possível. Um sonho sendo realizado da forma mais magnífica que nunca imaginei. O paradesporto militar é uma forma de incluir o militar em uma nova vida de uma forma saudável e sem deixar a tropa, algo que sentimos muita falta quando somos reformados. É uma honra representar nosso País e essa competição é um impulso ao Paradesporto. Mostra que podemos conquistar muitas vitórias”, declarou.

Fotos: CDA

Patrocinado por Google

Deixe uma resposta

Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS

Descubra mais sobre Área Militar

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading