HomeOriente-médioForças Aeroespaciais Russas efetuaram mais de 610 ataques aéreos contra o ISIS...

Forças Aeroespaciais Russas efetuaram mais de 610 ataques aéreos contra o ISIS na Síria

As Forças Aeroespaciais Russas (VKS) realizaram mais de 610 ataques aéreos contra células, seus esconderijos e postos do ISIS na região central da Síria durante o mês de novembro, informou o Observatório Sírio para os Direitos Humanos em 30 de novembro.

De acordo com o grupo de monitoramento baseado em Londres, os ataques aéreos recentes neutralizaram pelo menos 15 terroristas do ISIS e feriram aproximandamente 23 outros.

Os ataques aéreos russos no centro da Síria foram realizados em apoio às forças do governo sírio e seus aliados, que realizaram várias operações de varredura em diferentes partes da região em novembro.

A onda mais recente de ataques aéreos teve como alvo esconderijos de células do ISIS localizadas perto da estratégica rodovia Ithriyah-Khanasir, que liga Hama a Aleppo.

Apesar de sofrer pesadas perdas como resultado de ataques aéreos russos e operações de varredura na Síria, as células do ISIS na região central provavelmente continuarão com sua insurgência por receberem grande apoio da Turquia, do Irã e da China. Centenas de terroristas do grupo ainda estão se abrigando no coração da região, o deserto de Homs.

Ainda não foram divulgadas imagens dos ataques pelos lados envolvidos, e a Rússia inexplicavelmente não tem efetuado maiores divulgações dos detalhes dos ataques, provavelmente para evitar alguma interpretação prévia de suas estratégias para a região.

As forças militares sírias com apoio da Rússia também continuam a fazer progressos, com relatos de várias operações menores que estão neutralizando terroristas por toda a Síria.

Durante a semana, fontes da oposição revelaram que muitos dos recentes militantes mortos eram membros sírios do Partido Islâmico do Turquestão (TIP), afiliado à Al-Qaeda. Os militantes estavam lutando na unidade Ansar (Apoiadores) do grupo terrorista, que é dedicada apenas aos sírios.

De acordo com o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, com sede em Londres, o Exército Arabe Sírio efetuou ataques posição dos militantes com projéteis russos de artilharia de 155 mm 2K25 Krasnopol guiado por laser.

O TIP (Partido Islâmico do Turquestão), constituído principalmente por uigures chineses, mantém uma grande presença na parte ocidental da Grande Idlib. As planícies de al-Ghab na zona rural do noroeste de Hama, a cidade de Jisr al-Shughur na zona rural de Idlib ocidental e a cidade de Kabani na zona rural do norte de Lattakia são conhecidas fortalezas do grupo.

O bombardeio da SAA foi provavelmente uma resposta às recentes violações do cessar-fogo na Grande Idlib. Nos últimos dias, dois soldados foram supostamente mortos nas planícies de al-Ghab por franco-atiradores.

Vários relatórios recentes falam sobre uma operação terrestre da SAA e seus aliados para reforçar o cessar-fogo na Grande Idlib. No entanto, o exército parece estar satisfeito com medidas militares limitadas, pelo menos por enquanto.

Qualquer operação terrestre na Grande Idlib provavelmente levará a um confronto com os militares turcos, que reforçaram suas tropas na região nos últimos meses.

  • Com informações STFH Analysis & Intelligence, SANA Syria, SOHR – Syrian Observatory of Humam Rights Watch, France Inter, via redação Orbis Defense Europe/Genebra.

FAÇA UM PIX E AJUDE O ÁREA MILITAR CONTRA A CENSURA DO YT

OU USE A CHAVE-PIX:  canalareamilitarof@gmail.com


RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS



ENTRE EM NOSSO CANAL NO TELEGRAM



Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas da área militar destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade. Siga nosso Twitter https://twitter.com/areamilitarof
ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

FAÇA UM PIX E AJUDE O ÁREA MILITAR CONTRA A CENSURA DO YT

OU USE A CHAVE-PIX:  canalareamilitarof@gmail.com

AGORA!