HomeOriente-médioForças armadas do Afeganistão com ajuda da USAF contra-atacam Talebãs

Forças armadas do Afeganistão com ajuda da USAF contra-atacam Talebãs

A situação no Afeganistão continua tensa, uma vez que os confrontos ferozes em capitais provinciais estratégicas em todo o país continuam. O Exército Nacional Afegão, apoiado pela USAF (Força Aérea dos EUA), reivindica algumas vitórias, enquanto militantes do Taleban divulgam que estão assumindo o controle de postos estratégicos nas cidades.

Em 2 de agosto, as Forças Aéreas dos EUA alvejaram o Taleban na cidade de Lashar Gah , capital da província de Helmand. Segundo o representante do Ministério da Defesa afegão, Fawad Aman, 18 terroristas foram mortos e grande parte de suas armas e munições foram destruídas em consequência do ataque aéreo .

“Recentemente, as casas das pessoas foram bombardeadas. O Taleban está se escondendo nas casas das pessoas e usando-as como escudos ”, disse um ativista da sociedade civil de Helmand a Tolo News.

O Talibã supostamente assumiu o controle de 9 dos 10 distritos de Lashar Gah. Em 2 de agosto, a emissora de TV nacional foi capturada. A prisão e a sede da polícia teriam sido sitiadas e o complexo do governador do distrito é agora o principal alvo do Taleban no Distrito 1 da cidade.

Enquanto os confrontos na capital de Helmand continuam pelo quinto dia consecutivo e a cidade está caindo constantemente sob o controle do Taleban, os civis estão fugindo de suas casas, deixando as ruas vazias.

As notícias da TOLO citaram fontes de segurança afirmando que o Talibã havia tomado mais de 12 distritos na província de Helmand, exceto o distrito de Kajaki.

Enquanto isso, as forças do governo, que receberam um reforço ontem, lançaram uma operação de limpeza nos arredores do centro provincial de Herat em 2 de agosto.

Conflitos ferozes são relatados no sul da cidade. Em 2 de agosto, as forças de Cabul repeliram militantes do Taleban da área da Ponte Pashtun, localizada a 11 quilômetros do centro da cidade. Há vários dias, é um dos principais campos de batalha nos arredores de Herat.

A área sul é de importância estratégica, pois está localizada na rodovia principal que leva ao aeroporto e fica perto do complexo da ONU que recentemente foi atacado pelo Taleban.

O distrito de Guzara, onde está localizado o aeroporto internacional da cidade, foi tomado sob o controle do Talibã em 30 de julho, mas mais tarde teria sido recapturado por forças pró-governo. Desde então, os confrontos ferozes continuam na área.

No momento, a linha de frente sul está supostamente estabelecida na área de Bulqa Hay Darqara, seis quilômetros ao sul do centro da cidade de Herat.

Ao mesmo tempo, a mídia pró -Talibã divulgou vídeos, alegando que o Talibã havia capturado o posto de controle de Shawl B afan no oeste de Herat .

De acordo com o senhor da guerra local Ismail Khan, que agora tem 3.000 soldados lutando em Herat ao lado do exército afegão, o número de vítimas na cidade continua baixo.

Enquanto lutava nas províncias de Herat, Helmand e Kandahar, no sul do país, o Exército Nacional Afegão também é forçado a conter militantes do Taleban perto da capital do país.

Em 2 de agosto, as Forças de Defesa e Segurança Nacional do Afeganistão (ANDSF)  libertaram o distrito de Nejrab da província de Kapisa, a nordeste de Cabul. 18 terroristas, incluindo o comandante local do Taleban, foram mortos durante a operação.

Enquanto isso, as Forças Aéreas Afegãs estão ativas na província de Uruzgan , localizada no centro do Afeganistão, ao norte de Kandahar.

As forças de Cabul estão perdendo o controle sobre áreas estrategicamente importantes no Afeganistão. Embora afirme que os recentes ataques aéreos dos EUA mudaram o equilíbrio militar em solo a seu favor, a ANDSF parece estar condenada.

Os raros ataques aéreos  dos EUA indicam que Washington já descartou Cabul  de sua estratégia geopolítica real.

Outro fato que prejudica demais as Forças Armadas do Afeganistão é a grande incidência de indiciplina, ineficiência em combate, deserções e até mesmo colaborações de militares de todos os níveis com o Talebã devido à influência religiosa do extremismo islâmico.

  • Com informações Afghanistan Ministry of Defense, ANDSF, TOLO News, France Inter, STF Analysis & Intelligence via redação Orbis Defense Europe.


RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS



ENTRE EM NOSSO CANAL NO TELEGRAM



Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas da área militar destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade. Siga nosso Twitter https://twitter.com/areamilitarof
ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

AGORA!