Guerra na Ucrânia – Aumento acentuado de vítimas civis na Ucrânia, diz ONU

Inscreva-se no grupo de análise e inteligência no Telegram ?? https://t.me/areamilitar

Mais de 100 civis foram mortos pelos ataques de mísseis e drones da Rússia em toda a Ucrânia em dezembro, de acordo com um relatório da ONU que afirma que quase 500 ficaram feridos.

O relatório da Missão de Monitorização dos Direitos Humanos das Nações Unidas na Ucrânia, publicado na terça-feira, disse que houve um aumento de 26,5% nas vítimas civis no mês passado – de 468 em Novembro para 592 em Dezembro.

Com alguns relatórios pendentes de verificação, o aumento foi provavelmente maior.

Danielle Bell, que chefia a missão de monitorização da ONU, disse: “As vítimas civis têm diminuído constantemente em 2023, mas a onda de ataques no final de dezembro e início de janeiro interrompeu violentamente essa tendência”.

Bombeiro trabalha para extinguir incêndio após ataque com míssil russo em Kryvyi Rih, Ucrânia (Serviço de Emergência Ucraniano/AP)

A missão da ONU disse que está verificando relatos de ataques com mísseis e drones que começaram a atingir áreas povoadas em toda a Ucrânia em 29 de dezembro e continuaram até o início de janeiro, matando 86 civis e ferindo outros 416.

“Estes ataques semeiam a morte e a destruição dos civis ucranianos, que sofreram perdas profundas devido à invasão em grande escala da Rússia durante quase dois anos”, disse Bell.

A ONU disse que o maior número de vítimas ocorreu durante os ataques de 29 de dezembro e 2 de janeiro, em meio à queda acentuada das temperaturas do inverno.

No dia 4 de Janeiro, disse, mísseis russos atingiram a pequena cidade de Pokrovsk e a aldeia vizinha de Rivne, perto das linhas da frente, enterrando duas famílias – seis adultos e cinco crianças – nos escombros das suas casas. Alguns corpos ainda não foram encontrados, disse.

Num outro ataque, em 6 de janeiro, a onda de choque de um ataque com mísseis russos em Novomoskovsk feriu 31 civis, incluindo oito passageiros de um microônibus que foi destruído durante o trajeto matinal, disse a ONU.

O número confirmado de civis mortos desde que a Rússia invadiu a Ucrânia em 24 de fevereiro de 2022 é de mais de 10.200, incluindo 575 crianças, e o número de feridos é de mais de 19.300, disse o diretor de operações do escritório humanitário da ONU, Edem Wosornu, ao Conselho de Segurança da ONU na semana passada. .

Patrocinado por Google

Deixe uma resposta

Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS

Descubra mais sobre Área Militar

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading