Guerra na Ucrânia – Joe Biden já não acredita numa vitória completa de Kiev. O plano para possíveis negociações pressupõe dar à Rússia parte da Ucrânia

Inscreva-se no grupo de análise e inteligência no Telegram ?? https://t.me/areamilitar

A Casa Branca e o Pentágono afirmaram publicamente que não há nenhuma mudança oficial na política da administração e que continuam a apoiar o objectivo da Ucrânia de expulsar completamente as tropas russas do país.

No entanto, responsáveis ??americanos e europeus, juntamente com os próprios ucranianos, estão agora a trabalhar para desviar as tropas de Kiev das tarefas de contra-ofensiva, iniciadas com fracos resultados há seis meses pelo Presidente Volodymyr Zelensky, para a criação de posições defensivas mais fortes contra as forças russas no leste.

Segundo as duas fontes, confirmadas por um alto funcionário da administração, estas ações incluem o fortalecimento dos sistemas de defesa aérea e a construção de fortificações, arame farpado e obstáculos antitanque, e valas ao longo da fronteira norte da Ucrânia com a Bielorrússia.

Além disso, a administração Biden está focada em revitalizar rapidamente a indústria de defesa da Ucrânia para produzir armas desesperadamente necessárias que o Congresso dos EUA não tem pressa em fornecer a Kiev.

Patrocinado por Google

Deixe uma resposta

Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS

Descubra mais sobre Área Militar

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading