Guerra na Ucrânia – Rússia coloca vencedor ucraniano do Festival Eurovisão da Canção na lista de procurados

Inscreva-se no grupo de análise e inteligência no Telegram ▶️ https://t.me/areamilitar

A Rússia colocou um cantor ucraniano que venceu o Festival Eurovisão da Canção 2016 na sua lista de procurados, informaram agências de notícias estatais.

A cantora Susana Jamaladinova – nome artístico Jamala – está sendo procurada por violar uma lei criminal, de acordo com uma lista de banco de dados do Ministério do Interior.

O site de notícias independente Mediazona, que cobre questões de oposição e direitos humanos, disse que Jamaladinova foi acusada ao abrigo de uma lei aprovada no ano passado que proíbe a divulgação das chamadas informações falsas sobre os militares russos e os combates em curso na Ucrânia.

Jamaladinova foi acusada ao abrigo de uma lei aprovada no ano passado que proíbe a divulgação das chamadas informações falsas sobre os militares russos e os combates em curso na Ucrânia (AP)

Jamaladinova é descendente de tártaros da Crimeia. Ela venceu o concurso Eurovisão de 2016 com a canção 1944, título que se refere ao ano em que a União Soviética deportou em massa os tártaros da Crimeia.

Seu desempenho vitorioso ocorreu quase exatamente dois anos depois que a Rússia anexou a Crimeia, enquanto a turbulência política assolava a Ucrânia. A maioria dos outros países considera a anexação ilegítima.

A Rússia protestou contra a permissão de 1944 na competição, dizendo que isso violava as regras contra o discurso político na Eurovisão.

Mas a canção não fez nenhuma crítica específica à Rússia ou à União Soviética, embora tenha trazido tais implicações, começando com a letra: “Quando estranhos chegam, eles vão à sua casa, matam todos vocês e dizem ‘Não somos culpados. ‘”

Patrocinado por Google

Deixe uma resposta

Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS

Descubra mais sobre Área Militar

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue lendo