HomeÁsiaIrã não explica vestígios de urânio encontrados em vários locais

Irã não explica vestígios de urânio encontrados em vários locais

O Irã não conseguiu explicar os vestígios de urânio encontrados em vários locais não declarados, afirma um relatório do órgão nuclear da ONU revelado na segunda-feira

REUTERS/Leonhard Foeger

O caso pode estabelecer um novo confronto diplomático entre Teerã e o Ocidente e que pode atrapalhar negociações nucleares mais amplas

Três meses atrás, Grã-Bretanha, França e Alemanha descartaram um plano apoiado pelos EUA para que o Conselho de Governadores de 35 nações da Agência Internacional de Energia Atômica criticasse o Irã por não explicar completamente a origem das partículas; os três recuaram quando o chefe da AIEA, Rafael Grossi, anunciou novas negociações com o Irã.

“Depois de muitos meses, o Irã não forneceu a explicação necessária para a presença de partículas de material nuclear em nenhum dos três locais onde a Agência realizou acessos complementares (inspeções)”, disse um relatório de Grossi aos Estados membros visto pela Reuters.

Agora caberá às três potências europeias decidir se reanimam seu impulso por uma resolução criticando o Irã, o que poderia minar negociações mais amplas para reviver o acordo nuclear com o Irã de 2015 nas negociações atualmente em andamento em Viena. Grossi esperava relatar o progresso antes de o conselho se reunir novamente na próxima semana.

“O Diretor-Geral está preocupado que as discussões técnicas entre a Agência e o Irã não tenham produzido os resultados esperados”, disse o relatório.

“A falta de progresso no esclarecimento das questões da Agência sobre a exatidão e integridade das declarações de salvaguardas do Irã afeta seriamente a capacidade da Agência de fornecer garantia da natureza pacífica do programa nuclear iraniano”, acrescentou.

Em um relatório trimestral separado também enviado aos Estados membros na segunda-feira e visto pela Reuters, a agência deu uma indicação dos danos causados ​​à produção iraniana de urânio enriquecido por uma explosão e corte de energia em sua unidade de Natanz no mês passado que Teerã atribuiu a Israel .

O aumento trimestral do Irã em seu estoque de urânio enriquecido foi o menor desde agosto de 2019, com apenas 273 kg, elevando o total para 3.241 kg, de acordo com uma estimativa da AIEA. Não foi possível verificar totalmente o estoque porque o Irã rebaixou a cooperação.

Esse total é muitas vezes o limite de 202,8 kg estabelecido pelo acordo nuclear, mas ainda bem abaixo das mais de seis toneladas que o Irã possuía antes do acordo.

DANOS À CIDADE IRANIANA DE NATANZ

Na principal planta de enriquecimento do Irã, que fica no subsolo em Natanz, a agência verificou em 24 de maio que 20 cascatas, ou aglomerados, de diferentes tipos de centrífugas estavam sendo alimentados com hexafluoreto de urânio para enriquecimento. Um diplomata sênior disse que antes da explosão esse número era 35-37.

Depois que Washington desistiu do acordo nuclear em 2018, sob o presidente Donald Trump, e voltou a impor sanções econômicas paralisantes contra Teerã, o Irã começou a violar as restrições do acordo sobre suas atividades nucleares a partir de 2019.

Uma de suas violações mais recentes, o enriquecimento de urânio a 60%, um grande passo em direção ao grau de armamento dos 20% que havia alcançado anteriormente e o limite de 3,67% do negócio, continuou. A AIEA estimou que o Irã produziu 2,4 kg de urânio enriquecido até esse nível e 62,8 kg de urânio enriquecido até 20%.

A produção iraniana de quantidades experimentais de urânio metálico, que é proibida pelo acordo e gerou protestos de potências ocidentais por causa de seu uso potencial no núcleo de armas nucleares, também continuou. O Irã produziu 2,42 kg, informou a AIEA, acima dos 3,6 gramas de três meses atrás.

Francois Murphy, Reuters, via Redação Área Militar


RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS



ENTRE EM NOSSO CANAL NO TELEGRAM



Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas da área militar destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

AGORA!