HomeConflitosISIS ataca base do Exército da Nigéria em Borno

ISIS ataca base do Exército da Nigéria em Borno

Em 18 de abril, terroristas islâmicos do ISIS lançaram um ataque em grande escala a uma base importante das Forças Armadas da Nigéria (NAF) no estado de Borno, no nordeste do país.

Os terroristas islâmicos invadiram a base, que está localizada na cidade de Dikwa, após confrontos com a NAF. Os militares nigerianos retiraram-se da base, deixando para trás seus equipamentos e armas.

De acordo com a agência de notícias Amaq, os combatentes do ISIS queimaram o acampamento, bem como uma caminhonete, uma peça de artilharia e quatro veículos blindados. Os terroristas islâmicos também conseguiram capturar três veículos e cargas de armas.

Várias fotos compartilhadas pela Amaq mostram pelo menos dois veículos blindados BTR-70, um carro blindado Panhard AML e um obus OTO Melara Mod 56 105 mm.

No início deste mês, terroristas do ISIS invadiram uma base semelhante perto da cidade de Camuya em Borno. O NAF sofreu pesadas perdas no ataque. Dez membros do serviço militar nigeriano foram supostamente mortos ou feridos.

A situação em Borno está piorando, especialmente nas áreas que fazem fronteira com o Lago Chade. Até agora, os esforços do NAF não conseguiram reduzir a crescente influência do ISIS no estado.

Resumo da situação na área do Lago Tchad em 15 de abril de 2021:

– Em 11 de abril, terroristas do Boko Haram atacaram a cidade fronteiriça de Damasak e mataram 3 soldados
– Em 14 de abril, terroristas do Boko Haram atacaram a cidade fronteiriça de Damasak
– Em 14 de abril, terroristas do Boko Haram atacaram o estado de Adamawa matando 7 pessoas

Fonte: STF Analysis & Intelligence.

 

  • Com informações Forças Armadas da Nigéria (NAF), AFP, Africa News e STF Analysis & Intelligence via redação Orbis Defense Europe.

 


RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS



ENTRE EM NOSSO CANAL NO TELEGRAM



Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas da área militar destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade. Siga nosso Twitter https://twitter.com/areamilitarof
ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

AGORA!