HomeÚLTIMASMarinha dos EUA nega expulsão por navio chinês em águas internacionais das...

Marinha dos EUA nega expulsão por navio chinês em águas internacionais das Ilhas Paracel

A Marinha dos EUA negou na quinta-feira uma alegação chinesa de que a Marinha do Exército de Libertação Popular perseguiu e expulsou um destróier americano para longe de ilhas no Mar da China Meridional.

O USS Benfold (DDG-65) realizou uma operação de liberdade de navegação perto das Ilhas Paracel na quinta-feira, de acordo com oficial informe a 7ª Frota dos EUA em um comunicado à imprensa.

“A declaração [da República Popular da China] sobre esta missão é falsa. O USS Benfold conduziu este FONOP de acordo com a lei internacional e depois continuou a realizar operações normais em águas internacionais. A operação reflete nosso compromisso de manter a liberdade de navegação e usos lícitos do mar como um princípio. Os Estados Unidos estão defendendo o direito de cada nação de voar, navegar e operar onde quer que a lei internacional permita, como o USS Benfold fez esta semana. Nada que a RPC diga de outra forma nos deterá”, disse o porta-voz da 7ª Frota dos EUA, tenente Mark Langford, em comunicado.

A declaração vem depois que o Exército de Libertação Popular disse que rastreou o destróier americano e o “alertou”, disse um porta-voz do Comando de Teatro do Sul do PLA em comunicado.

O coronel Tian Junli disse que o destróier “invadiu as águas territoriais da China”, uma afirmação contestada pelo porta-voz da Marinha dos EUA.

“A declaração do PLA(N) Southern Theatre é a mais recente de uma longa série de ações da RPC para deturpar as operações marítimas legais dos EUA e afirmar suas reivindicações marítimas excessivas e ilegítimas às custas de seus vizinhos do Sudeste Asiático no Mar da China Meridional”, disse Langford. . “O comportamento da RPC contrasta com a adesão dos Estados Unidos à lei internacional e nossa visão de uma região do Indo-Pacífico livre e aberta.”

China, Vietnã e Taiwan reivindicaram as Ilhas Paracel e a China reivindica uma linha de base territorial reta ao redor das ilhas. A Marinha dos EUA realiza periodicamente FONOPs, ou operações de liberdade de navegação (Freedon of Navigation Operations) perto das Ilhas Paracel.

Em vermelho, as posições das Ilhas Paracel. Imagem via Google Maps.

Em várias ocasiões no ano passado, quando um navio dos EUA realizou um FONOP, a China alegou que perseguiu o navio de guerra para fora do Mar da China Meridional. O último FONOP efetuado pelos EUA na região foi em 8 de setembro .

“Exigimos solenemente que o lado dos EUA pare imediatamente com essas ações provocativas, caso contrário, sofrerá as graves consequências de todas as possíveis contingências. As tropas do Comando de Teatro do Sul do PLA sempre permanecem em alerta máximo e tomarão ações resolutas para salvaguardar a soberania e a segurança da China, bem como a paz e a estabilidade no Mar do Sul da China”, disse o porta-voz do Comando de Teatro do Sul do PLA.

O FONOP efetuado pela U.S. Navy também ocorre quando os EUA acumularam uma presença considerável de navios de guerra no Mar das Filipinas. O Carl Vinson Carrier Strike Group, o Abraham Lincoln Carrier Strike Group, o Essex Amphibious Ready Group e o America Expeditionary Strike Group estão atualmente operando no Mar das Filipinas.

  • Com informações da U.S. Navy & U.S. Naval Institute News, via redação Orbis Defense Europe/Genebra.

FAÇA UM PIX E AJUDE O ÁREA MILITAR CONTRA A CENSURA DO YT

OU USE A CHAVE-PIX:  canalareamilitarof@gmail.com

Deixe uma resposta


RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS



ENTRE EM NOSSO CANAL NO TELEGRAM



Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas da área militar destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade. Siga nosso Twitter https://twitter.com/areamilitarof
ARTIGOS RELACIONADOS

FAÇA UM PIX E AJUDE O ÁREA MILITAR CONTRA A CENSURA DO YT

OU USE A CHAVE-PIX:  canalareamilitarof@gmail.com

AGORA!