Marinheiro procurou registros eletrônicos de saúde de Biden, diz Marinha

Um marinheiro dos EUA tentou acessar os registros médicos do presidente Joe Biden no banco de dados de registros eletrônicos de saúde dos militares no início deste ano e foi punido pela infração, confirmaram autoridades da Marinha na terça-feira.

O marinheiro, que não foi identificado, pesquisou o nome “Joseph Biden” no Military Health System Genesis, o banco de dados de registros de saúde do serviço armado, e um colega de trabalho relatou isso como uma violação da Lei de Portabilidade e Responsabilidade de Seguros de Saúde, também conhecida como HIPPA, de acordo com um oficial da Marinha.

Os cuidados de saúde presidenciais são fornecidos pela Unidade Médica Militar da Casa Branca, e os presidentes recebem tratamento no Centro Médico Militar Nacional Walter Reed, em Maryland.

O Serviço de Investigação Criminal Naval lançou uma investigação ao saber da ação do marinheiro, e essa investigação foi concluída em 24 de abril.

Um oficial da Marinha disse ao Military Times que o marinheiro foi disciplinado administrativamente pelo ato e foi designado para o Comando de Preparação e Treinamento em Medicina da Marinha em Fort Belvoir, Virgínia, na época.

O oficial se recusou a divulgar a patente do marinheiro ou a natureza da disciplina.

“Em nenhum momento as informações pessoais do presidente foram comprometidas”, disse o porta-voz do Pentágono, major-general da Força Aérea Pat Ryder, aos repórteres na terça-feira. “O registro que o marinheiro acessou indevidamente não era o prontuário eletrônico do presidente dos Estados Unidos.”

Ryder acrescentou que o secretário de Defesa, Lloyd Austin, foi notificado da tentativa de violação quando a Marinha tomou conhecimento das ações do marinheiro.

A divulgação do Pentágono sobre o esforço do marinheiro para acessar os registros médicos de Biden ocorre no momento em que circulam questões sobre a acuidade mental e a aptidão do presidente para concorrer à reeleição, especialmente após o desempenho aparentemente confuso e confuso do homem de 81 anos em um debate com o candidato republicano Donald Trump mês passado.

Questionado na terça-feira se Austin alguma vez questionou as habilidades de tomada de decisão de Biden como comandante-chefe devido a possíveis problemas de saúde, Ryder respondeu com um rápido “não”.

“Tivemos essa discussão com o secretário em termos de monitoramento de toda a cobertura que existe atualmente”, disse Ryder. “O secretário tem total confiança na liderança do presidente, como desde o primeiro dia.”

Zamone “Z” Perez é repórter do Military Times. Anteriormente, trabalhou na Foreign Policy e na Ufahamu Africa. Ele se formou na Northwestern University, onde pesquisou ética internacional e prevenção de atrocidades em sua tese. Ele pode ser encontrado no Twitter @zamoneperez.

Patrocinado por Google
Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Descubra mais sobre Área Militar

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading