HomeGuerra Fria 2.0Moscou anuncia fim dos exercícios militares na Crimeia mas monitora atividades da...

Moscou anuncia fim dos exercícios militares na Crimeia mas monitora atividades da OTAN

O Ministro da Defesa russo, General do Exército Sergei Shoigu, decidiu concluir as atividades de verificação nos distritos militares do sul e do oeste, e a partir de 23 de abril as tropas estão retornando aos seus pontos de implantação permanentes.

Porém unidades e tropas que ainda estão em campo vão concluir outros exercícios menores antes de retornar à suas bases pela Rússia.

O ministro da Defesa russo General do Exército Shoigu disse na quinta-feira em uma reunião na Crimeia:

“Até 1º de maio de 2021, retornem o pessoal do 58º Exército do Distrito Militar Sul, 41º Exército do Distrito Militar Central, 7º, 76º Ataque Aerotransportado e 98º Divisões Aerotransportadas das Forças Aerotransportadas aos seus pontos de implantação permanentes.”

“Acredito que os objetivos da verificação surpresa foram totalmente alcançados. As tropas demonstraram a capacidade de garantir uma defesa confiável do país. Nesse sentido, decidi concluir as atividades de verificação nos distritos militares do Sul e do Oeste”

 

 

Como resultado da reunião, ele instruiu os comandantes dos distritos militares “a planejarem detalhadamente o retorno das tropas aos pontos de implantação permanente”. “Ao mesmo tempo, é necessário garantir o cumprimento dos requisitos das medidas de segurança e prevenir acidentes ao longo do caminho”, afirmou o ministro.

Ele observou que os equipamentos e as armas do 41º Exército de Armas Combinadas, que estão planejados para serem usados ​​nos exercícios estratégicos do Zapad-2021, devem ser colocados em parques  no campo de treinamento de Pogonovo, e sua manutenção e proteção confiável devem ser organizado.

Além disso, é necessário “analisar as fiscalizações repentinas em todos os níveis de gestão, traçar um plano para eliminar as deficiências e começar a implementá-las”, disse o ministro. Ele mandou encorajar todos os militares que se destacassem durante os exercícios e treinamentos.

Conforme relatado, Shoigu chegou à Crimeia na quinta-feira para controlar o palco principal dos exercícios interespecíficos do Distrito Militar do Sul e das Forças Aerotransportadas no campo de treinamento de Opuk.

Mais de dez mil militares , 40 navios de guerra e 20 embarcações de apoio estiveram envolvidos nos exercícios 

A Rússia observará atentamente os exercícios da OTAN “Defender Europe-2021”

O Ministro da Defesa russo esclareceu no entanto; “que acompanharia atentivamente as movimentações de forças da OTAN para a área dos exercícios planejados Defender Europe – 2021”.

O Ministro Sergueï Choïgou especificou que centros que acomodam tropas e equipamento da OTAN foram criados em vários países europeus, incluindo Polónia, Eslováquia, Hungria, Roménia e Bulgária ”.

Atualmente, equipamentos militares passam pelos portos gregos, segundo informações do ministro russo.

Ele acrescentou que “um dos grupos-chave” das forças da OTAN foi “implantado na região do Mar Negro”. Kiev também havia anunciado há várias semanas a realização de exercícios conjuntos com a Aliança Atlântica nos próximos meses.

Mais de mil soldados ucranianos e da OTAN devem assim simular uma ofensiva militar para restaurar “a integridade territorial de um Estado ficticio que foi atacado por um dos países vizinhos hostis”.

A União Europeia, os Estados Unidos e a OTAN aumentaram as ameaças contra a Rússia nas últimas semanas, acusando Moscou de enviar tropas russas para a fronteira com a Ucrânia.

Por sua vez, a Rússia, que recentemente acusou Kiev de “provocações” no leste da Ucrânia, especificou que esses movimentos visavam “garantir a segurança das fronteiras russas”, no contexto de “Uma atividade crescente dos armados forças de países membros da OTAN, outras alianças e países independentes […] observados ao longo da fronteira russa “. “Isso não deve preocupar ninguém, não representa uma ameaça para ninguém”, explicou o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

  • Fontes: Ministry of Defence of the Russian Federation, INTERFAX Russia e RT France, via redação Orbis Defense Europe.


RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS



ENTRE EM NOSSO CANAL NO TELEGRAM



Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas da área militar destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

AGORA!