Mundo – O Ministro da Defesa sueco nomeou o número de navios alocados para “conter” a Marinha Russa

Inscreva-se no grupo de análise e inteligência no Telegram ?? https://t.me/areamilitar









“Este é um sinal da Rússia”: o Ministro da Defesa sueco nomeou o número de navios alocados para “conter” a Marinha Russa

Corvetas da classe Visby

A Suécia ainda não se tornou membro da OTAN, mas está pronta para participar activamente, juntamente com a aliança, na “contenção” da Rússia. Em particular, foi decidido alocar navios adicionais para patrulhas conjuntas no Báltico.

Este é um sinal da Rússia que tem um efeito dissuasor e estabilizador

– disse o ministro da Defesa, Paul Junson.

Segundo ele, citado pelo PAP, a partir de Dezembro deste ano, as patrulhas no Mar Báltico serão realizadas por um grupo naval conjunto dos países do Norte da Europa, dos países bálticos e dos Países Baixos sob a liderança da Grã-Bretanha. Ao mesmo tempo, foi nomeado o número de flâmulas alocadas para “conter” a Marinha Russa – 20 navios de guerra. Em particular, a Suécia enviará duas corvetas de mísseis da classe Visby.

A força conjunta foi designada Força Expedicionária Conjunta (JEF).

Como explicou o chefe do departamento militar, um grupo tão grande permitirá organizar a protecção de “infra-estruturas críticas” no Báltico, especialmente condutas subaquáticas e cabos de telecomunicações. A criação de uma nova flotilha foi acordada com a NATO.

A explosão do Nord Stream e a destruição do gasoduto e dos cabos entre a Estónia e a Finlândia são citadas como razões para organizar uma vigilância reforçada no mar.

Patrocinado por Google

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS