HomeBrasilParceria entre Exército e FAB garante manutenção de robô desativador de explosivos

Parceria entre Exército e FAB garante manutenção de robô desativador de explosivos

Uma parceria entre o Exército Brasileiro (EB) e a Força Aérea Brasileira (FAB) possibilitou o retorno das atividades do robô DAE/EOD Telemax, ferramenta da força terrestre utilizada para desativação de artefatos explosivos e anti-dispositivos explosivos improvisados.

O Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), Organização Militar subordinada ao Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), contribuiu com a produção de uma peça da esteira de rodagem do equipamento.

O apoio ao Exército foi solicitado pelo Destacamento Especial de Engenharia para Desativação de Artefatos Explosivos (Dst Esp E DAE) do 2º Batalhão de Engenharia de Combate. No dia 3 de maio, a peça foi inserida no robô.

Na ocasião, parte da equipe técnica do EB realizou a aplicação da peça reproduzida e outra equipe, como forma de agradecimento ao apoio do IAE, ministrou uma instrução sobre as novas tecnologias utilizadas no Exército Brasileiro para a detecção de artefatos explosivos.

Foram apresentados o Robô DAE/EOD Telemax, o Robô DAE/EOD tEODor, os detectores de metais convencionais, detectores de metais compactos, detectores de material bélico não detonado, detectores de metais de sensor duplo e de radar de penetração de solo.

O Chefe de Gabinete do IAE, Tenente-Coronel Especialista em Armamento Augusto José de Amorim Neto, coordenou as atividades.

“É de extrema importância a interoperabilidade entre as Forças Armadas Brasileiras, em especial nas diversas atividades operacionais, por compartilhar e agregar conhecimentos em todos os níveis, resultando maior engajamento e sucesso nos resultados obtidos nas atividades de neutralização e destruição de artefatos, tanto no âmbito da Força Aérea como na Força terrestre”, explica.

https://i0.wp.com/www.fab.mil.br/sis/enoticias/imagens/pub/41881/i215417573208148.jpg?w=696&ssl=1

O Comandante do 2º Batalhão de Engenharia de Combate, Tenente-Coronel de Engenharia Henrique Vidal López Pedrosa, destacou o apoio prestado.

“A participação da FAB foi fundamental e decisiva para a recuperação da capacidade plena do Robô TELEMAX, o que possibilitará seu emprego imediato”, comemorou.

Fotos: Sargento Petheson/DCTA

Agência Força Aérea, Tenente Camila, Força Aérea Brasileira, via Redação Área Militar


RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS



ENTRE EM NOSSO CANAL NO TELEGRAM



Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas da área militar destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade. Siga nosso Twitter https://twitter.com/areamilitarof
ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

AGORA!