HomeÁsiaQuirguistão e Tajiquistão: Tudo sobre o atual conflito e a Paz estabelecida

Quirguistão e Tajiquistão: Tudo sobre o atual conflito e a Paz estabelecida

A configuração atual da fronteira do Quirguistão com o Tajiquistão é produto dos militares e políticos soviéticos que traçaram as linhas divisórias das repúblicas soviéticas. Depois do colapso da URSS no final de 1991, as divisões se tornaram as fronteiras de países independentes.

Everlasting or Ever-Changing? Violence Along the Kyrgyzstan-Tajikistan  Border | ACLED

Estradas e hidrovias cruzam esta fronteira em muitos lugares e apenas cerca de 504 quilômetros da fronteira Quirguistão-Tadjique de aproximadamente 970 quilômetros foram demarcados.

As negociações sobre a demarcação da fronteira têm sido lentas, mas a nova liderança no Quirguistão sob o presidente Sadyr Japarov tem pressionado ativamente e publicamente as negociações para encerrar as negociações de fronteira com o Uzbequistão e o Tajiquistão.

O Comitê Estadual de Segurança Nacional (UKMK) do Quirguistão é responsável pelo Serviço de Guarda de Fronteira do país.

O chefe do Comitê, Kamchybek Tashiev, sugeriu no final de março deste ano que parte de um acordo de fronteira com o Tajiquistão poderia incluir a transferência de propriedade do enclave de Vorukh para o Quirguistão em troca de terras adjacentes ao Tajiquistão.

https://i1.wp.com/www.aljazeera.com/wp-content/uploads/2021/04/WEBMAP_TAJIKISTAN_VORUKH_REFRESH.jpg?w=696&ssl=1

A proposta irritou alguns no Tajiquistão e levou a reivindicações não apenas Vorukh, mas as terras ao redor, historicamente do Tajiquistão.

O presidente tajiquistanês Emomali Rahmon fez uma rara visita a Vorukh em 7 de abril e disse que nunca houve e nunca haveria qualquer discussão sobre dar Vorukh ao Quirguistão, foi então que as tensões locais pioraram.

Um pequeno grupo de cidadãos tajiquistaneses foi visto na noite de 28 de abril tentando instalar uma câmera de monitoramento em uma estação de captação de água em Kok-Tash. A estação de captação libera água em canais que também vão para o Quirguistão.

Cidadãos quirguistaneses os confrontaram sobre a ação, gerando brigas com pedras e paus. Quase todos os conflitos giram em torno dos canais de águas e estradas, assim, quando um dos lados tentam alguma atividade na região, o lado oposto impede e assim inicia outro conflito.

Kyrgyzstan Internal Affairs Ministry

Em 29 de abril, os combates entre os residentes locais aumentaram e, de acordo com relatórios do Quirguistão, as forças de segurança das duas nações começaram a trocar tiros.

Four die as Tajikistan and Kyrgyzstan armies clash on disputed border |  Kyrgyzstan | The Guardian
Anadolu Agency/Getty Images

O Comitê Estadual disse que o lado tajiquistanês também estava usando metralhadoras e morteiros pesados. Esse relatório não pôde ser confirmado de forma independente, mas também houve relatos de forças do Tajiquistão usando morteiros nessas disputas de fronteira em janeiro de 2014 e maio de 2020.

Após os graves atritos sangrentos que resultou em 31 pessoas ceifadas, dezenas de feridos e 10.000 pessoas evacuadas, as forças envolvidas implementaram um cessar-fogo na noite de 29 de abril, que encerrou 24 horas dos piores e mais generalizados combates que a agitada região viu desde a dissolução da União Soviética.

Com informações BBC, Radio Free Europe/Radio Liberty, Tolkun Namatbayeva, AFP, The Moscow Times, TASS


RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS



ENTRE EM NOSSO CANAL NO TELEGRAM



Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas da área militar destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade. Siga nosso Twitter https://twitter.com/areamilitarof
ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

AGORA!