HomeGuerra Fria 2.0Submarino ativo desconhecido é detecado no sul da Sicília

Submarino ativo desconhecido é detecado no sul da Sicília

A Guarda Costeira italiana emitiu um aviso válido até 14 de fevereiro sobre um trecho de mar ao sul da Sicília, onde um submarino de origem desconhecida está ativo. No período de tempo referido no AVISO, a zona marítima acima indicada é declarada como “perigosa” para a atividade naval.

Não são fornecidos mais detalhes, mas o fato de a área ser indicada com precisão (assim como as datas) e estar parcialmente dentro das águas territoriais italianas sugere a possibilidade que o submarino em questão é italiano ou pelo menos de um país aliado.

Fonte: https://www.guardiacostiera.gov.it/pozzallo/Pages/Bando-di-Pericolosit%C3%A0-per-sommergibile-in-immersione.aspx

Parece não haver ligação entre este aviso e o trânsito de navios russos pelo Estreito da Sicília, a única atividade que denota algo fora do normal é que um “sub hunter” da U.S. Navy, um Boeing P-8A Poseidon, está sobrevoando a área, mas esse estaria inicialmente acompanhando o cruzador Marechal Ustinov que navega na mesma região rumando para o porto de Latakia na Síria.

Porém é evidente que para acompanhar essa embarcação seria necessário apenas outra embarcação como uma fragata ou um destróyer, e não um caçador de submarinos como o Boeing P-8A Poseidon da U.S. Navy.

Recebemos a informação dos fatos de nossos amigos por volta de 18h00mn (Hora de Zurich) e por volta de 20h00mn verificamos um famoso aplicativo de monitoramento de tráfego aéreo e uma aeronave da U.S. Navy que se identifica como um “C-130” está orbitando a região a aproximadamente 2 horas.

 

Nas comunidades de analistas independentes da Europa uma imagem de um submarino navegando submerso em profundidade de periscópio foi divulgada como sendo “vazada” de uma aeronave da Aeronautica Militare (Força Aérea Italiana), mas na realidade trata-se de um submarino da classe  Los Angeles da U.S. Navy, o USS Key-West (SSN-722).

Outra situação interessante na área do sul do Mediterrâneo é a operação do exercício da OTAN, o Neptune Strike 22, que envolve 3 CSG (Carrier Strike Groups) com os porta-aviões USS Harry S. Truman, o Charles de Gaulle e o Cavour, e assim sendo, a presença de um submarino “desconhecido” é uma situação misteriosa.

O fato faz lembrar que no ano passado aconteceu no Mar Mediterrâneo oriental uma verdadeira caçada a um submarino da classe Kilo, o que rendeu uma história bem interessante que foi publicada aqui no Orbis Defense e Area Militar em primeira mão para o público brasileiro.

  • Com informações da Guarda Costeira Italiana, Regia Marina, Irish Air Corps, Italmilradar, Connor Ghallagher e redes sociais, via redação Orbis Defense Europe/Genebra.

FAÇA UM PIX E AJUDE O ÁREA MILITAR CONTRA A CENSURA DO YT

OU USE A CHAVE-PIX:  canalareamilitarof@gmail.com

Deixe uma resposta


RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS



ENTRE EM NOSSO CANAL NO TELEGRAM



Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas da área militar destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade. Siga nosso Twitter https://twitter.com/areamilitarof
ARTIGOS RELACIONADOS

FAÇA UM PIX E AJUDE O ÁREA MILITAR CONTRA A CENSURA DO YT

OU USE A CHAVE-PIX:  canalareamilitarof@gmail.com

AGORA!