HomeÚLTIMASTropas dos EUA continuam treinando rebeldes no sudeste da Síria

Tropas dos EUA continuam treinando rebeldes no sudeste da Síria

A coalizão liderada pelos EUA continua treinando rebeldes do SDF (Syrian Democratic Forces, rebeldes anti governo Assad) na área de al-Tanf no sudeste da Síria, onde mantém uma grande guarnição militar, que além de tropas convencionais, tem também um grupamento de Green Berets (Boinas Verdes) e um grupamento especial de Marines (Fuzileiros Navais).

Em 28 de dezembro, o principal grupo de proxyes da coalizão na guarnição de al-Tanf, o Exército Revolucionário de Comando (MaT), compartilhou várias fotos mostrando um recente treinamento conjunto com armas. Durante o treinamento, militantes do MaT dispararam canhões sem recuo SPG-9 de 73 mm e outras armas pesadas com as tropas da coalizão.

Em geral, cerca de 200 soldados dos EUA são destacados na guarnição de al-Tanf, que foi estabelecida em 2016. A coalizão liderada pelos EUA mantém uma zona de exclusão aérea e de não condução de 55 quilômetros ao redor da guarnição.

Em 20 de outubro, al-Tanf foi atacado . A guarnição foi alvo de cinco drones suicidas e fogo indireto de origem desconhecida, provavelmente terroristas do ISIS já que existe uma “trégua informal” com o Exército Arabe Sírio. O ataque resultou em alguns danos materiais graves . No entanto, não houve vítimas. Em resposta, a coalizão liderada pelos EUA e o MaT realizaram dois exercícios de fogo real em al-Tanf em novembro.

Os exercícios provavelmente foram uma tentativa de deter o Irã e seus aliados na Síria e no Iraque, que supostamente estavam por trás do ataque. A tentativa falhou, entretanto.

Em 14 de dezembro, um avião de combate da RAF (Força Aérea Real Britânica derrubou dois drones que violaram a zona de exclusão aérea de al-Tanf. Autoridades americanas acreditam que o Irã ou as forças apoiadas pelo Irã estão por trás do incidente.

Enquanto os EUA afirmam que suas forças estão presentes em al-Tanf para conter o ISIS, o verdadeiro propósito da guarnição é bloquear uma rodovia que liga a capital síria, Damasco, à capital iraquiana, Bagdá. Washington quer manter os aliados do Irã nos dois países longe da rodovia estratégica.

Abaixo, algumas imagens dos treinamentos znterioes que os EUA efetuam com os rebeldes, reportados em matérias anteriores pelo Orbis Defense Europe:

O primeiro exercício realizado em novembro:

  • Com informações STFH Analisys & Intelligence, SANA Syria e observador civil @Maghaweir Towra

FAÇA UM PIX E AJUDE O ÁREA MILITAR CONTRA A CENSURA DO YT

OU USE A CHAVE-PIX:  canalareamilitarof@gmail.com

Deixe uma resposta


RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS



ENTRE EM NOSSO CANAL NO TELEGRAM



Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas da área militar destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade. Siga nosso Twitter https://twitter.com/areamilitarof
ARTIGOS RELACIONADOS

FAÇA UM PIX E AJUDE O ÁREA MILITAR CONTRA A CENSURA DO YT

OU USE A CHAVE-PIX:  canalareamilitarof@gmail.com

AGORA!