HomeOriente-médioTropas sírias abrem fogo contra militares turcos em Idlib

Tropas sírias abrem fogo contra militares turcos em Idlib

Militares do Exército Árabe Sírio (SAA) que estavam em patrulha entraram em contato com veículos militares turcos, em um breve confronto teve como alvo um veículo de engenharia do exército turco que tentava construir fortificações na linha de frente principal na parte sul da região da Grande Idlib.

De acordo com o Observatório Sírio de Direitos Humanos, o incidente ocorreu perto da aldeia de Afes, na periferia norte da cidade controlada pelo governo de Saraqib. O veículo da engenharia turca foi alvo de disparos metralhadoras pesadas calibre 12,7mm (.50), e o incidente aconteceu no dia 9 de novembro, mas somente recentemente foi divulgado pelas autoridades sírias. Ainda não foram divulgadas imagens do incidente por nenhuma das partes envolvidas.

De acordo com o relato dos militares sírios, os militares turcos se retiraram do local antes de sofrer qualquer perda humana ou material.

Um dia depois do incidente, as tropas da SAA entraram em confronto com militantes do Hay’at Tahir al-Sham (HTS), afiliado à Al-Qaeda, e seus aliados apoiados pela Turquia na periferia norte de Saraqib. Não foram relatadas vítimas ou perdas materiais.

Nas últimas semanas, os militares turcos reforçaram suas tropas na Grande Idlib em resposta a relatos de um quase ataque à região pelo SAA – Exército Árabe Sírio, e seus aliados.

Os militares turcos estabeleceram um novo posto próximo à cidade de Afes em 10 de outubro. Dois tanques de batalha, quatro veículos blindados, três veículos blindados e cerca de 50 soldados foram posicionados no posto que supervisiona a rodovia Lattakia-Aleppo, a M4 e a rodovia Hama-Aleppo, a M5.

Porém a Turquia tem evitado à todo custo um enfrentamento direto com tropas sírias, pois existe o grande receio de que a Rússia certamente intervirá a favor da Síria caso isso aconteça.

A SAA e seus aliados claramente não estão satisfeitos com o aumento militar da Turquia na Grande Idlib, onde a situação permanece instável.

No mesmo dia do incidente com os militares turcos em território sírio, milicias populares nacionalistas sírias (pró-Assad) enfrentaram um grupo de de terroristas em Deir Ezzor, atacando dois postos de controle dos terroristas e causando perda de materiais e feridos.

A Turquia pretende impedir qualquer movimento da SAA e seus aliados para reforçar o acordo de cessar-fogo assinado em 5 de março de 2020. O grupo HTS, outros grupos da Al-Qaeda e facções apoiadas pela Turquia na Grande Idlib violam o cessar-fogo diariamente, o que impossibilita qualquer acordo de paz.

Com informações STFH Analysis & Inteligence, SANA Syria, SOHR Syria, RT France, via redação Orbis Defense Europe.

FAÇA UM PIX E AJUDE O ÁREA MILITAR CONTRA A CENSURA DO YT

OU USE A CHAVE-PIX:  canalareamilitarof@gmail.com


RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS



ENTRE EM NOSSO CANAL NO TELEGRAM



Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas da área militar destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade. Siga nosso Twitter https://twitter.com/areamilitarof
ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

FAÇA UM PIX E AJUDE O ÁREA MILITAR CONTRA A CENSURA DO YT

OU USE A CHAVE-PIX:  canalareamilitarof@gmail.com

AGORA!