HomeEUAU.S. Navy acusa um marinheiro pelo incêndio no USS Bonhomme Richard 

U.S. Navy acusa um marinheiro pelo incêndio no USS Bonhomme Richard 

A Marinha indiciou um marinheiro em conexão de ato doloso com o grande incêndio que destruiu o navio de guerra USS Bonhomme Richard durante quatro dias em 2020, enquanto o navio estava em San Diego , disse um porta-voz naval na quinta-feira.

O marinheiro, que não identificado, era membro da tripulação do navio e é acusado de iniciar intencionalmente o incêndio de 12 de julho de 2020, informou a Marinha dos EUA. As acusações são baseadas em evidências coletadas durante a investigação completa, declarou o porta-voz da Marinha, Comandante. Sean Robertson, disse em um comunicado.

“As evidências coletadas durante a investigação são suficientes para direcionar uma audiência preliminar de acordo com o devido processo no sistema de justiça militar”, disse Robertson.

O vice-almirante Steve Koehler, comandante da Terceira Frota dos Estados Unidos, está considerando acusações de corte marcial. Ele ordenou uma audiência preliminar na qual um auditor imparcial fará as determinações e recomendações exigidas pelo Código Uniforme de Justiça Militar, incluindo “se há ou não causa provável para acreditar que um ato doloso foi cometido e para oferecer uma recomendação quanto ao disposição do caso “, disse o comunicado.

O incêndio foi criminoso e um marinheiro suspeito foi interrogado, disse um oficial da defesa, semanas depois do incêndio.

O incêndio causou danos no valor de bilhões de dólares ao navio de assalto anfíbio, que durou quatro dias e foi o pior incêndio em navios de guerra da Marinha dos EUA fora de combate na memória recente.

O navio foi finalmente desativado. Consertá-lo teria custado US $ 2,5 bilhões a US $ 3 bilhões e levaria de cinco a sete anos, disse o contra-almirante Eric H. Ver Hage do Centro de Manutenção Regional da Marinha na época.

“Não tomamos essa decisão levianamente”, disse o então secretário da Marinha Kenneth Braithwaite no ano passado. “Após uma extensa avaliação de materiais em que vários cursos de ação foram considerados e avaliados, chegamos à conclusão de que não é fiscalmente responsável restaurá-la”.

Conexões suspeitas

Conforme informações levantadas pela redação da Europa do site Orbis Defense em agosto de 2020*, o marinheiro em questão já era investigado por comportamento suspeito de radicalismo politico, e, durante denúncias antes do incêndio e investigações posteriores, foi confirmado que o marinheiro possuia ligações com movimentos da esquerda radical americana e com o movimento Black Lives Matters, entre outros similares.

De acordo com fontes militares que forneceram informações para alguns grandes canais de TV dos EUA, o circuito interno de câmeras de segurança registrou imagens do marinheiro acumulando material altamente inflamável e pirotécnico em vários locais sensíveis do navio e também desligou alarmes de incêndio e sabotou extintores, entre outros atos que são largamente suficientes para a condenação do marinheiro acusado do incêndio.

Uma das grandes dúvidas é se o marinheiro agiu sozinho, pois os incêndios se deflaragam em um período de tempo muito rápido simultaneamente e houveram diversos atos que aconteceram antes e durante o incêndio que atrapalharam muito o combate ao fogo por parte das equipes de Bombeiros da Marinha e contingentes de reforço que vieram depois ao navio.

Também de acordo com fontes que forneceram informações para alguns grandes jornais dos EUA, o caso também estaria sendo analisado como uma ação cooptada pela China, Irã ou outra nação interessada em sabotar os principais navios dos EUA durante suas paradas de manutenção, justamente o período de maior vulnerabilidade aos atos de saboragens.

Para saber mais:

*https://orbisdefense.com/investigacao-da-u-s-navy-suspeita-de-incendio-criminoso-no-uss-bonhomme-richard/

U.S. Navy Sucateará o USS Bonhomme Richard

  • Com informações CBS News, ABC News, Fox News, CNN via redação Orbis Defense Europe.


RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS



ENTRE EM NOSSO CANAL NO TELEGRAM



Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas da área militar destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

AGORA!