Ucrânia – A Rússia matou 5 crianças em Odesa – a mais nova tinha 4 meses

Na noite de 2 de março, os russos lançaram um ataque com drones em Odesa, no sul da Ucrânia. Um dos drones teve como alvo um prédio residencial de nove andares, destruindo uma entrada inteira.

“Doze pessoas foram mortas, incluindo 5 crianças: Tymofii, de 4 meses, Liza, de 7 meses, Mark, de 3 anos, Zlata, de 8 anos, e Serhii, que teria completado 10 anos em julho,” relatado o Departamento de Saúde da Administração do Estado de Odesa Oblast. Entre as vítimas estava uma grande família de militares.

Outras 20 pessoas, incluindo uma mulher grávida, ficaram feridas. “Três indivíduos permanecem hospitalizados, sendo 2 pessoas na unidade de cuidados intensivos em estado crítico e uma pessoa em estado moderado a receber tratamento no departamento de traumatologia”, refere o comunicado.

Um total de 18 apartamentos foram completamente destruídos. A explosão também danificou uma sala de caldeiras localizada perto do edifício, deixando vários edifícios de vários andares sem aquecimento. A operação de busca durou mais de um dia.

Moradores de Odessa levam brinquedos e flores para o prédio atacado. Em 3 de março, foi declarado luto no Oblast de Odesa.

As crianças ucranianas são alvos militares da Rússia; é contra eles que estes “selvagens” estão a lutar, afirmou o presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskyy, após o ataque. Ele expressou condolências a todas as famílias e entes queridos das vítimas.

“Precisamos de mais capacidades de defesa aérea dos nossos parceiros. O escudo aéreo ucraniano deve ser reforçado para proteger eficazmente o nosso povo do terror russo. Mais sistemas de defesa aérea e mísseis de defesa aérea são o que salva vidas”, escreveu Zelensky.

A Rússia age sempre que o Ocidente deixa de agir, disse o ministro ucraniano dos Negócios Estrangeiros, Dmytro Kuleba. “Por cada palavra proferida para explicar porque é que algo não pode ser feito pela Ucrânia, a Rússia tira uma vida humana real. Para cada plataforma de defesa aérea não entregue, a Rússia responde com centenas de mísseis e drones atacando cidades na Ucrânia”, disse Kuleba. escreveu.

Fotos: Serviço Estatal de Emergência da Ucrânia; o Departamento de Saúde da Administração Estatal do Oblast de Odesa; AFP

Patrocinado por Google

Deixe uma resposta

Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS

Descubra mais sobre Área Militar

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading