Ucrânia afirma que 10 crianças retornaram de territórios ocupados

Dez crianças ucranianas e suas famílias foram devolvidas ao território controlado pelas forças armadas ucranianas depois de viverem sob ocupação russa, informaram as autoridades de Kiev na quinta-feira.

A Ucrânia acusou Moscovo de raptar quase 20.000 crianças de partes do leste e do sul do país, enquanto muitas outras viveram sob ocupação russa após a invasão das tropas de Moscovo em Fevereiro de 2022.

“As crianças e as suas famílias viviam nos territórios temporariamente ocupados nas regiões de Donetsk, Kherson e Zaporizhzhia”, disse o ombudsman dos direitos humanos, Dmytro Lubinets.

Lubinets disse que as crianças estavam se recuperando dos “horrores” que vivenciaram e acusou as autoridades apoiadas por Moscou de forçar as crianças a frequentar escolas russas e cantar o hino nacional russo.

Ele também disse que as famílias foram pressionadas a aceitar passaportes russos como pré-requisito para receber serviços essenciais, incluindo cuidados médicos.

Kiev fez do retorno das crianças ao território controlado pela Ucrânia uma prioridade diplomática. A Rússia afirma ter transferido algumas crianças ucranianas das suas casas ou orfanatos para protecção.

No ano passado, o Tribunal Penal Internacional emitiu um mandado de prisão contra o presidente russo, Vladimir Putin, e a sua comissária para os direitos das crianças, Maria Lvova-Belova, devido às alegações de rapto.

Patrocinado por Google
Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Descubra mais sobre Área Militar

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading