Ucrânia – Comitê PACE aprova resolução sobre ativos russos congelados

A Comissão dos Assuntos Políticos e da Democracia da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa (PACE) adoptou um projecto de resolução sobre o confisco de bens russos congelados e a sua transferência para a reconstrução da Ucrânia, bem como relatado pela PACE.

Num projecto de resolução baseado num relatório de Lulzim Basha (Albânia, PPE/CD), o comité afirmou que a Rússia, como Estado agressor, deveria fornecer “compensação total pelos danos causados ??pelos seus actos internacionalmente ilícitos, incluindo a destruição de infra-estruturas, perda de vidas, dificuldades econômicas e outros efeitos adversos”, afirma PACE.

A comissão sugere a atribuição de cerca de 300 mil milhões de dólares provenientes dos activos estatais congelados da Rússia para a reconstrução da Ucrânia. Os parlamentares observaram também que, em Junho de 2023, as perdas sofridas pela Ucrânia devido à guerra foram estimadas em 416 mil milhões de dólares.

O Comité PACE sugere que o Conselho da Europa lidere o processo de confisco de bens russos. O mecanismo envolveria a criação de um fundo fiduciário internacional. Além disso, os parlamentares recomendam a criação de uma comissão imparcial e eficaz para analisar as reclamações, operando sob normas jurídicas universalmente reconhecidas para considerar pedidos da Ucrânia e de outras entidades afetadas pela agressão.

O comité apela aos países membros do Conselho da Europa e a outros estados com activos russos congelados para cooperarem activamente na transferência desses activos para este mecanismo com o apoio da UE, dos EUA e dos países do G7.

“De acordo com o direito internacional, os estados possuem autoridade para promulgar contramedidas contra um estado que tenha violado gravemente o direito internacional. Agora é a altura de os Estados-membros do Conselho da Europa passarem das sanções às contramedidas”, afirmou o comité. Isto ajudará a fortalecer a Ucrânia, a responsabilizar a Rússia e a dissuadir potenciais futuros atos de agressão, conforme indicado na mensagem.

A iniciativa proposta é atualmente apenas um rascunho e ainda não foi aprovada no nível PACE. É uma componente do mecanismo de compensação acordado na cimeira do Conselho da Europa em Reiquiavique, no verão passado. A Assembleia Parlamentar deverá abordar esta questão numa das suas próximas sessões.

Patrocinado por Google

Deixe uma resposta

Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS

Descubra mais sobre Área Militar

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading