Ucrânia – Departamento de Estado dos EUA: Rússia usou armas químicas proibidas contra a Ucrânia

As forças russas implantaram uma arma química proibida contra militares ucranianos, de acordo com ao Departamento de Estado dos EUA. A substância identificada é a cloropicrina, reconhecida pelo seu odor nocivo e pela capacidade de se infiltrar no corpo por inalação, ingestão ou contato com a pele.

A utilização de tais produtos químicos não é um incidente isolado e é provavelmente motivada pelo desejo das forças russas de desalojar as forças ucranianas de posições fortificadas e obter ganhos tácticos no campo de batalha.”, disse o Departamento de Estado dos EUA em um comunicado.

O emprego de cloropicrina pela Rússia para reprimir tumultos fora do campo de batalha levantou preocupações sobre o seu cumprimento da Convenção sobre Armas Químicas. O relatório destaca casos em que o Kremlin alegadamente negligenciou as suas obrigações, incluindo os casos de envenenamento da figura da oposição russa Alexei Navalny, do antigo coronel do GRU Sergei Skripal e da sua filha Yulia com o agente nervoso Novichok.

Em resposta, os Estados Unidos impuseram sanções a entidades ligadas ao Ministério da Defesa da Rússia, visando especificamente as Tropas de Defesa Radiológica, Química e Biológica, o Instituto Russo de Pesquisa de Acústica Aplicada e o 48º Instituto Central de Pesquisa do Ministério da Defesa Russo pelo seu envolvimento no desenvolvimento de armas químicas.

Capa: Sofia Gatilova/Reuters

Patrocinado por Google
Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS

Descubra mais sobre Área Militar

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading