HomeGuerra Fria 2.0Ucrânia diz que solução diplomática é mais provável do que ataque russo

Ucrânia diz que solução diplomática é mais provável do que ataque russo

A presidência da Ucrânia no domingo declarou e insistiu que, a chance de resolver as crescentes tensões com a Rússia por meio da diplomacia permanece maior do que a de um ataque, já que os EUA alertaram que Moscou está intensificando os preparativos para uma invasão.

“Uma avaliação honesta da situação sugere que a chance de encontrar uma solução diplomática para a desescalada ainda é substancialmente maior do que a ameaça de uma nova escalada”, disse o assessor da presidência, Mykhailo Podolyak, em comunicado.

Podolyak disse que a Rússia vem realizando rotações de tropas em larga escala, manobras e desdobramentos de armas regularmente “para garantir uma pressão psicológica massiva constante” desde o aumento das forças na fronteira da Ucrânia na primavera passada.

“Para nosso serviço de inteligência e nossas forças armadas, essa atividade russa não é nenhuma surpresa”, disse ele.

Podolyak apontou que os apoiadores ocidentais da Ucrânia receberam “uma quantidade significativa” de suas informações sobre as atividades russas de Kiev.

“Quanto tempo durará essa atividade russa e com que finalidade ela é mantida? Somente o Kremlin pode saber a resposta exata a essa pergunta”, disse ele.

“A tarefa da Ucrânia e de nossos parceiros é estar preparado para qualquer cenário, e estamos cumprindo essa tarefa 100%”.

A declaração veio depois que Washington disse que suas avaliações de inteligência mostraram que Moscou estava intensificando os movimentos em direção a uma potencial invasão em grande escala e possui 70% das forças necessárias para tal ataque.

A Rússia reuniu 110.000 soldados ao longo de sua fronteira com a Ucrânia, mas a inteligência dos EUA não determinou se o presidente Vladimir Putin realmente decidiu invadir, disseram autoridades dos EUA.

As autoridades dos EUA alertaram que a força russa montada na fronteira com a Ucrânia está crescendo a uma taxa que daria a Putin a força necessária para uma invasão em grande escala, cerca de 150.000 soldados em meados de fevereiro.

As autoridades norte-americanas disseram que Putin quer ter todas as opções possíveis à sua disposição: desde uma invasão limitada da região pró-russa de Donbass na Ucrânia até uma invasão total e em grande escala.

Eles estimaram que um grande ataque deixaria de 25.000 a 50.000 civis mortos, juntamente com 5.000 a 25.000 soldados ucranianos e 3.000 a 10.000 soldados russos.

A Rússia nega que esteja planejando invadir a Ucrânia.

Kiev tem procurado consistentemente minimizar os temores de uma iminente incursão russa enquanto busca evitar danos à sua economia, com o presidente Volodymyr Zelenskiy pedindo aos aliados ocidentais que não causem “pânico”.

Ministro de relações exteriores da Ucrânia afirmou que; “invasão russa é improvável… narrativa ocidental é exagerada”

  • Com informações DW Germany, France Inter, France 24, The Moscow Times, Fox News USA via redação Orbis Defense Europe/Genebra.

FAÇA UM PIX E AJUDE O ÁREA MILITAR CONTRA A CENSURA DO YT

OU USE A CHAVE-PIX:  canalareamilitarof@gmail.com

Deixe uma resposta


RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS



ENTRE EM NOSSO CANAL NO TELEGRAM



Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas da área militar destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade. Siga nosso Twitter https://twitter.com/areamilitarof
ARTIGOS RELACIONADOS

FAÇA UM PIX E AJUDE O ÁREA MILITAR CONTRA A CENSURA DO YT

OU USE A CHAVE-PIX:  canalareamilitarof@gmail.com

AGORA!