Ucrânia reivindica ataque de drones em importante usina siderúrgica russa

A Ucrânia disse no sábado que atingiu uma das maiores usinas siderúrgicas da Rússia com um ataque de drone no segundo aniversário do lançamento de sua invasão por Moscou.

A Rússia relatou um incêndio na enorme fábrica de Novolipetsk (NLMK), na região oeste de Lipetsk, com imagens nas redes sociais mostrando um grande incêndio.

Se confirmado, o ataque será o mais recente na campanha intensificada da Ucrânia contra alvos no interior da Rússia.

O serviço de segurança SBU da Ucrânia reivindicou o ataque e disse que a fábrica estava fabricando armas para o exército usar na Ucrânia.

“O ataque de drones à usina siderúrgica de Novolipetsk foi organizado por dois serviços especiais ucranianos ao mesmo tempo: a SBU e a (inteligência militar) GUR”, disse a SBU.

Em seu site, a NLMK se autodenomina “o maior produtor de aço da Rússia”.

O exército russo disse anteriormente que interceptou à noite dois drones sobre a região de Lipetsk, bem como um drone sobre a região sul de Kursk.

O governador da região de Lipetsk, Igor Artamanov, disse que os serviços de segurança estavam em alerta durante a noite após um “incêndio numa das oficinas da NLMK”, antes de dizer que o “incêndio foi apagado”.

Ele pediu às pessoas que “não cedam ao pânico e confiem apenas nas informações oficiais” depois que imagens nas redes sociais mostraram um incêndio significativo.

Kiev prometeu continuar atacando alvos na Rússia durante a invasão.

Patrocinado por Google

Deixe uma resposta

Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS

Descubra mais sobre Área Militar

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading