Ucrânia – Rússia abre academia de polícia na ocupada Mariupol para transformar jovens em “cães do regime”

A Rússia continua a doutrinar a juventude nos territórios ocupados da Ucrânia, ao abrir outra “instituição educacional militsiya (forças policiais)” na cidade destruída de Mariupol, relatado pelo Centro Nacional de Resistência (NRC).

A “instituição educacional” é uma filial da academia do Ministério de Assuntos Internos da Rússia projetada para 400 alunos. Os ocupantes planejam começar as aulas em 1º de setembro. Entretanto, haverá um departamento para formar funcionários para serviços especiais.

A Rússia é um típico país policial, onde trabalhar para o Kremlin é a única forma de ter uma perspectiva de vida. É por isso que o inimigo está a abrir esta filial para recrutar ucranianos e transformá-los em cães do regime. Pode-se afirmar que os ocupantes estão mais uma vez a fechar os olhos ao direito internacional humanitário, que não permite o recrutamento de populações locais para organizações militaristas.”, relatou o NRC.

O Centro de Resistência Nacional apelou às instituições jurídicas internacionais para prestarem atenção a outro crime russo contra a humanidade. “E aos colaboradores locais, lembramos-lhes a inevitabilidade da responsabilidade pelos crimes cometidos contra o Estado”, diz o texto.

Patrocinado por Google

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS