Ucrânia – “Tudo na mesa”: Kallas sobre as tropas da OTAN na Ucrânia

Os líderes ocidentais não devem descartar a possibilidade de enviar as suas tropas para a Ucrânia, afirma o primeiro-ministro da Estónia, Kaja Kallas, de acordo com Político. O Primeiro-Ministro sublinha que todas as opções devem ser consideradas para ajudar a Ucrânia a derrotar a Rússia.

“Penso que são também os sinais que estamos a enviar à Rússia, de que não estamos a excluir coisas diferentes. Porque todos os países compreenderam que temos de fazer tudo para que a Ucrânia ganhe e a Rússia perca esta guerra”, disse Kallas.

Atualmente, a maioria dos países da UE rejeitou publicamente a ideia de enviar as suas tropas para a Ucrânia, proposta pelo presidente francês, Emmanuel Macron, numa cimeira informal em Paris, em 27 de fevereiro, em apoio à Ucrânia.

Entretanto, o Ministro dos Negócios Estrangeiros da Lituânia, Gabrielius Landsbergis, acredita que vale a pena considerar o envio de forças aliadas para a Ucrânia.

A discussão pública sobre a possibilidade de envolvimento dos países europeus na guerra entre a Rússia e a Ucrânia não significa necessariamente que tenham sido tomadas decisões. Ainda assim, indica que os parceiros ucranianos estão a preparar-se para cruzar outra linha vermelha nas suas mentes, mais cedo escreveu o jornalista internacionalista Serhii Melnyk da publicação ucraniana LB.ua.

Patrocinado por Google

Deixe uma resposta

Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS

Descubra mais sobre Área Militar

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading