Ucrânia – Ucrânia poderá iniciar conversações com a Rússia após a Cimeira de Paz de Junho

A Ucrânia poderá iniciar negociações com a Rússia após a Cúpula da Paz na Suíça, marcada para 15 e 16 de junho, anunciou o ministro das Relações Exteriores, Dmytro Kuleba, em uma entrevista com Política estrangeira. A reunião visa formar uma coligação de países que partilham pontos de vista comuns sobre formas de acabar com a guerra da Rússia contra a Ucrânia.

Não faz sentido ter a Rússia à mesa se não pudermos garantir que agirão de boa fé. Existem apenas dois caminhos para levar a Rússia a agir de boa fé – ou o sucesso da Ucrânia no campo de batalha ou uma coligação de países com ideias semelhantes, unidos em princípios e abordagens”, disse Kuleba.

O Ministro acrescentou que a Cimeira Global da Paz não prevê actualmente a participação da Rússia. No entanto, espera-se que o Kremlin se envolva nas negociações mais tarde. “No final, não é possível pôr fim à guerra sem que ambas as partes”, acrescentou o chanceler.

A Ucrânia prevê a presença de líderes representantes de nações de todos os continentes que defendem o direito internacional e aderem aos princípios delineados na Carta das Nações Unidas na Cimeira Global para a Paz, agendada para 15 e 16 de Junho na Suíça, bem como anunciado pelo Gabinete do Presidente.

É necessário devolver uma paz justa ao território ucraniano, restaurar o respeito pelo direito internacional e pela Carta das Nações Unidas. E, claro, precisamos de consolidar os países responsáveis ??para apoiar ainda mais a Ucrânia e mostrar que todos estes países estão interessados ??no fim da guerra”, enfatizou o Gabinete do Presidente.

Patrocinado por Google
Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS

Descubra mais sobre Área Militar

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading