Ucrânia – Zenon Kowal sobre os resultados das eleições europeias

Zenon Kowal, membro do Conselho de Administração do UWC, Conselheiro Político do Congresso Europeu de Ucranianos e da Associação de Ucranianos na Bélgica e Conselheiro Especial da Embaixada da Ucrânia na Bélgica (1992-1995)

É demasiado cedo para discutir os resultados finais das eleições para o Parlamento Europeu (PE). Resultados mais detalhados ficarão claros depois que todos os membros eleitos prestarem juramento em 16 de julho. Além disso, vale a pena aguardar a integração de novos representantes nos grupos políticos existentes do PE; existem atualmente oito dessas facções. Há também um grupo de deputados independentes. Este ano, cerca de cinquenta deputados foram eleitos pela primeira vez para o parlamento – terão de escolher uma facção para aderir ou permanecer entre os representantes independentes.

As tendências eleitorais gerais corresponderam principalmente às previsões. Entretanto, previa-se que os partidos radicais – de direita ou de esquerda – teriam uma posição maior e mais forte no parlamento do que a que ocorreu. Esses grupos aumentaram em número, mas não tanto quanto o esperado.

Roberta Metsola provavelmente continuará a ser Presidente do Parlamento Europeu. Além disso, os três principais grupos que formaram a coligação no PE garantiram novamente posições de liderança. Perderam ligeiramente votos – na legislatura anterior tinham 417, e na atual têm 403 (com um total de 720 deputados no PE) – mas ainda detêm a maioria no parlamento. Se os socialistas, liberais e democratas-cristãos decidirem continuar a sua cooperação. Nesse caso, não terão problemas, excepto problemas menores causados ??pelo aumento dos radicais de direita.

Um caso notável nestas eleições foi a França, onde o principal candidato do partido do atual Presidente Emmanuel Macron recebeu cerca de 15%. Em contrapartida, o principal adversário, um membro do partido “Rally Nacional” de Marine Le Pen, recebeu mais de 30%. As eleições europeias e nacionais são independentes umas das outras, mas isto sinalizou a Macron e ao seu governo que algo no país não está a funcionar bem e que há uma insatisfação significativa. Considerando a votação nos candidatos, o Presidente da França decidiu dissolver o governo.

No que diz respeito aos ucranianos, devem continuar a trabalhar arduamente e a cumprir todos os requisitos da União Europeia. A Ucrânia já realizou progressos significativos, uma vez que a realização de reformas durante uma guerra é um desafio. Apesar disso, o foco deve agora estar na superação da corrupção, um aspecto crítico. O sucesso nesta direção será altamente valorizado e poderá acelerar um pouco o processo de negociação, que está previsto para começar em julho.

Acredito que o apoio à Ucrânia continuará. As três principais figuras que representam a UE – o Presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, a Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e a Presidente do Parlamento Europeu, Roberta Metsola – declararam clara e consistentemente o seu apoio à Ucrânia e são também muito favoráveis ??à o processo de integração do país na UE.

Ao mesmo tempo, é importante saber quem se tornará o novo Presidente do Conselho Europeu. Entre os candidatos está o ex-primeiro-ministro-socialista de Portugal, António Costa. No entanto, as negociações estão em curso e o Parlamento Europeu deve aprovar a decisão para que possamos observar este processo.

É essencial compreender que quanto mais a guerra dura, mais difícil é mobilizar a opinião pública em torno da guerra na Ucrânia, e isso gera fadiga. O apoio precisa ser alimentado por processos e informações relevantes. O papel da Ucrânia aqui é fundamental. A abordagem correta à comunicação com os parceiros e à política interna da Ucrânia demonstrará que o país está no caminho certo para a UE e determinará as tendências futuras.

Capa: Parlamento Europeu

Doar
Assine nossas novidades
Patrocinado por Google
Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Descubra mais sobre Área Militar

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading