USAF – Red Flag-Nellis 24-2 molda o futuro do combate aéreo > Força Aérea > Exibição de artigos



Durante o exercício Red Flag 24-2, pessoal da Força Aérea dos EUA, da Marinha dos EUA e do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA treinou junto com a Força Aérea Real Holandesa de 11 a 24 de março.


Este exercício apresentou uma excelente oportunidade para abrir caminhos para a colaboração com serviços conjuntos e países da OTAN. Ele apresentou as capacidades de ponta da quinta geração F-35 Relâmpago IIe técnicas sofisticadas de replicação de ameaças.


Nellis é o melhor lugar da Terra para simular a luta do ‘amanhã’’

Coronel David Stamps, comandante do 366º Grupo de Operações

“As operações com nossa plataforma de quinta geração, o F-35, são essenciais para nós”, disse o Comodoro Aéreo Johan van Deventer, comandante do Comando de Combate Aéreo da Força Aérea Real Holandesa. “É uma plataforma de informações que utiliza sensores avançados para trocar essas informações e pode ir para uma área de alta ameaça. Este é o local onde podemos praticar isso em conjunto com o nosso parceiro de coligação, os EUA, e precisamos de o fazer na luta de alto nível. É por isso que viemos para Nellis.”
O cenário de segurança em evolução na Europa sublinha a importância não só de possuir aeronaves avançadas, mas também de tácticas perfeitamente integradas no seio da aliança da NATO. Operando com uma plataforma comum e aproveitando sistemas de comunicação avançados, é possível alcançar uma coordenação melhorada e operações conjuntas durante missões críticas. Estas aeronaves avançadas trazem capacidades sem precedentes, incluindo furtividade melhorada, fusão de sensores e conectividade de rede, que contribuem para manter a superioridade aérea e dissuadir potenciais adversários.

“A integração dessas capacidades é essencial para dissuadir nossos adversários e garantir a segurança dos aliados”, disse o coronel David Stamps, comandante do 366º Grupo de Operações. “O Red Flag 24-2 dá-nos a oportunidade de integrar totalmente a força conjunta com os nossos aliados da OTAN para resolver os problemas tácticos mais complexos num ambiente de paz. Planejamos juntos, voamos juntos e discutimos juntos como uma equipe em todas as especialidades de combate.”

Refletindo sobre a importância do treinamento conjunto durante o Red Flag 24-2, Stamps enfatizou: “Nossa aliança precisa ser mais profunda do que um pedaço de papel. O que significa que devemos colocar ações em nossas palavras. O Red Flag 24-2 reúne os nossos serviços conjuntos e os aliados da OTAN de uma forma muito tangível que nos permite aprender formas de empregar melhor o poder aéreo integrado e celebrar vitórias ao longo do caminho.”

No meio da extensa gama de testes e treino do Nevada, os parceiros da OTAN integraram-se perfeitamente com os serviços conjuntos dos EUA. Este exercício marcou um dos mais extensos exercícios Red Flag de quinta geração, incluindo a OTAN e parceiros conjuntos.


“Nellis é o melhor lugar na Terra para simular a luta do ‘amanhã’”, disse Stamps. “O profissionalismo dos “Agressores” é incomparável e são essenciais para o desenvolvimento de táticas integradas da Força Azul. A dedicação de todas as equipes de manutenção de serviços prova que ninguém no planeta gera melhor poder aéreo de combate do que os Estados Unidos e nossos aliados e parceiros.”




Patrocinado por Google

Deixe uma resposta

Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS

Descubra mais sobre Área Militar

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading