Curiosidades – O enigma da cidade mais isolada do mundo – PS

O site PS trouxe mais uma importante matéria sob direção da jornalista Paula Santinati. Acesse: https://psantinati.wordpress.com/

A apenas menos de 100 km de Anchorage, a maior cidade do Alasca, encontra-se Whittier, uma cidade peculiar que desafia as expectativas de proximidade. Apesar da curta distância, ela ostenta o título de uma das cidades mais isoladas do estado americano menos povoado do mundo.

A cidade fantasma do Alasca

Whittier é uma cidade vizinha de Anchorage, mas a proximidade geográfica não reflete a conexão direta que poderíamos esperar. A jornada leva cerca de 1,5 a 2 horas de carro, dependendo das condições de tráfego e da velocidade da viagem, sendo uma experiência única, envolvendo a travessia por túneis e cenários de tirar o fôlego.

E para chegar lá a partir de Anchorage, os visitantes atravessam o Túnel Anton Anderson, uma estrutura multifuncional que acomoda carros, trens e até mesmo pedestres.

Inclusive, é importante agendar a passagem pelo com antecedência, porque ele opera em horários específicos. Além disso, há uma taxa de pedágio para usar o túnel.

Uma alternativa ao túnel é o uso do ferry do Alaska Railroad, que oferece uma travessia cênica pelo Prince William Sound, proporcionando vistas espetaculares dos glaciares e da vida marinha.

Como é Whittier?

Whittier tem uma origem ligada à Segunda Guerra Mundial, quando a região foi escolhida pelos militares dos EUA como um local estratégico para construir uma base militar. O local foi selecionado devido à sua localização estratégica e à proteção proporcionada pelas montanhas circundantes.

Durante a construção da base militar, foi erguido o Edifício Buckner, um complexo militar multifuncional. Esse edifício massivo foi projetado para abrigar soldados, bem como serviços e instalações militares. Após a guerra, quando as operações militares diminuíram, o edifício permaneceu.

E como o Alasca é conhecido por seu clima rigoroso, especialmente durante o inverno, a população decidiu se concentrar em um único prédio, oferecendo abrigo e comodidades em um ambiente mais controlado.

Hoje em dia o intrigante condomínio Begich Towers não é apenas um prédio, mas sim um microcosmo que abriga apartamentos, delegacia, lojas, correios e até mesmo uma igreja. Tudo o que os moradores precisam está ao alcance, criando uma comunidade autossuficiente e única.

Mas a cidade como um todo, é caracterizada por sua pequena população, sendo uma das menos habitadas do Alasca, e a sensação de isolamento é palpável.

Situada às margens do pitoresco Prince William Sound, Whittier é cercada por majestosas montanhas e glaciares. Essa localização deslumbrante, embora isolada, oferece uma experiência única para os visitantes que buscam uma pausa tranquila da agitação urbana.

A proximidade com a natureza intocada é um dos principais atrativos do lugar e os visitantes podem explorar glaciares, observar baleias e desfrutar de trilhas cênicas.

Patrocinado por Google

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade.
ARTIGOS RELACIONADOS