HomeMundoIncêndio no maior campo de gás da Rússia no dia seguinte ao...

Incêndio no maior campo de gás da Rússia no dia seguinte ao acordo de venda de gás de Israel para a União européia

Incêndio no maior campo de gás da Rússia no dia seguinte ao acordo de venda de gás de Israel para a União européia

O maior campo de gás russo está queimando no Distrito Autônomo de Yamal-Nenets. O fogo começou na madrugada de 16 de junho. Apesar dos grandes estragos o incêndio está sob controle e ja teria sido extinto em 80% empregando apenas os contingentes de Bombeiros da Gazpron.

De acordo com relatos locais, o incêndio ocorreu na área da seção Gazprom Dobycha Urengoy entre os campos de gás 7 e 8, onde foi relatada uma ruptura de 1400 mm do gasoduto. Ainda não existem maiores informações sobre extensão de danos ou feridos no que foi relatado pelos Bombeiros locais como uma ocorrência de alta periculosidade e muito grave.

O campo de Urengoy é um dos maiores campos de gás do mundo. Possui reservas de até 10 trilhões de m3 de gás.

Em agosto do ano passado, devido a um incêndio em grande escala no complexo químico de gás da Gazprom em Novy Urengoy, o fornecimento de gás através do gasoduto Yamal-Europa foi reduzido. Como resultado, os preços no mercado europeu aumentaram 6%.

De acordo com informações extra-oficiais das autoridades da Gazprom e dos orgãos de segurança policiais russos, todas as possibilidades estão sendo levadas em conta nas investigações iniciais das causas do incidente, desde simples falha humana até mesmo sabotagem.

Assinatura de um memorando de entendimento sobre o gás entre a UE, Israel e o Egito

Israel enviará gás ao Egito, que o liquefará e enviará para reduzir a dependência energética da Rússia. Israel, Egito e União Européia (UE) assinaram um memorando de entendimento no Cairo nesta quarta-feira que permitirá que Israel exporte seu gás natural para o bloco pela primeira vez.

Este acordo histórico aumentará as vendas de gás natural liquefeito para os países da UE, à medida que a UE procura diversificar seu fornecimento de energia após a decisão da Rússia de cortar o fornecimento de gás aos países europeus. Antes do Egito, a Sra. von der Leyen viajou para a Ucrânia e depois para Israel.

No ano passado, cerca de 40% do gás da UE veio da Rússia. A UE enfrenta problemas de energia desde que impôs duras sanções a Moscou que não parou de fornecer gás para a Europa mesmo com as sansões, exceto para os países que não efetuaram pagamentos previstos.

O acordo prevê que Israel envie gás via Egito, que possui instalações para liquefazê-lo para exportação por via marítima.

A ministra da Energia, Karine Elharrar, disse que a assinatura do memorando de entendimento consolidou o papel de Israel no cenário global de energia.

“Este é um momento extraordinário em que o pequeno Israel se torna um jogador importante no mercado global de energia”, disse Elharrar.

A ministra da Energia, Karine Elharrar, assina um acordo para aumentar as exportações de gás do Mediterrâneo Oriental para a Europa com a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o ministro egípcio do petróleo, Tarek El-Molla, no Cairo, Egito, 15 de junho de 2022. (Amr Nabil/AP)

Em uma coletiva de imprensa conjunta ao lado do chefe da Comissão Europeia e do ministro egípcio, Elharrar disse que o acordo foi alcançado após a invasão russa da Ucrânia.

“O memorando de entendimento permitirá que Israel exporte gás natural israelense para a Europa pela primeira vez, e é ainda mais impressionante quando você olha para a série de acordos importantes que assinamos no ano passado, posicionando Israel e a economia de energia e água como um jogador-chave no mundo”, disse ela.

“É uma declaração para aqueles que veem nossa região apenas como forças negativas, como divisões e conflitos”, disse ela. “Este memorando prova-nos que estamos a abrir um novo caminho de parceria, solidariedade e sustentabilidade. »

Von der Leyen disse que o acordo ajudaria o bloco a se afastar de sua dependência da Rússia.

“Que momento especial”, disse ela. “Saúdo calorosamente a assinatura deste acordo histórico. »

Ela disse que o acordo faz parte do esforço da Europa para diversificar suas fontes de energia da Rússia e importar hidrocarbonetos de “outros fornecedores respeitáveis” – citando Israel e Egito, que se tornaram exportadores de gás nos últimos anos após a descoberta de grandes depósitos offshore.

El-Molla descreveu o acordo como “um passo importante” para a cooperação entre Egito, Israel e a UE.

Ele disse que isso levará a uma maior cooperação entre os membros do Fórum de Gás do Mediterrâneo Oriental, que inclui Jordânia, Israel, Chipre, Grécia, Egito, Autoridade Palestina, França e Itália.

Espera-se que o acordo traga inicialmente um bilhão de shekels por ano para os cofres do estado, de acordo com uma estimativa do Canal 12 de Israel.

O memorando de entendimento reconhece o papel fundamental que o gás natural terá na economia energética dos países da UE até 2030, quando seu consumo deverá diminuir gradativamente até 2050 – a meta de emissão zero, estabelecida pelo bloco e muitos países, incluindo Israel .

O acordo assinado na quarta-feira inclui um gesto a favor do meio ambiente ao prever o sequestro de carbono na atmosfera.

A declaração do Departamento de Energia diz que todos os signatários do acordo se esforçarão para reduzir as emissões de metano e testar tecnologias avançadas para operações de redução.

Nada foi comentado pelas autoridades envolvidas nos acordos sobre o incêndio de hoje no campo de gás russo da Gazprom Dobycha Urengoy.

  • Com informações Gazpron, TASS, France Inter, Israel 12 e The Times of Israel, via redação Orbis Defense Europe.
Patrocinado por Google

FAÇA UM PIX E AJUDE O ÁREA MILITAR CONTRA A CENSURA DO YT

OU USE A CHAVE-PIX:  canalareamilitarof@gmail.com

1 COMMENT

Deixe uma resposta


RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS



ENTRE EM NOSSO CANAL NO TELEGRAM



Área Militar
Área Militarhttp://areamilitarof.com
Análises, documentários e geopolíticas da área militar destinados à educação e proliferação de informações de alta qualidade. Siga nosso Twitter https://twitter.com/areamilitarof
ARTIGOS RELACIONADOS

FAÇA UM PIX E AJUDE O ÁREA MILITAR 

CHAVE-PIX:  canalareamilitarof@gmail.com

AGORA!